Bernardinho promete focar agora na preparação olímpica

Com a derrota para a Polônia neste domingo, em Tampere, na Finlândia, no encerramento do Grupo B da Liga Mundial, a seleção brasileira masculina de vôlei não conseguiu a vaga automática para a fase final. Mas ainda tem chance de classificação, dependendo dos resultados das outras chaves. Enquanto essa definição não acontece - será apenas no dia 1º de julho -, o técnico Bernardinho promete concentrar o trabalho na preparação para a Olimpíada de Londres.

AE, Agência Estado

17 de junho de 2012 | 16h33

A fase final da Liga Mundial, entre 4 e 8 de julho, em Sofia, na Bulgária, vai reunir apenas os campeões dos quatro grupos, a seleção anfitriã e o melhor segundo colocado entre todas as chaves. Como ficou atrás da classificada Polônia no Grupo B, o Brasil luta agora para ser o melhor segundo colocado, o que só ficará sabendo quando as outras três chaves, que estão com a programação atrasada, forem encerradas - será apenas no dia 1º de julho.

"Nós ainda temos uma chance de chegar às finais como o melhor segundo colocado dos grupos, mas não acho que temos que pensar nisso agora. Vamos começar a treinar para a Olimpíada", disse Bernardinho, após a derrota deste domingo na Finlândia. "Foi um bom jogo. O Kurek fez uma grande partida, mas toda a equipe polonesa jogou bem. Eles mereciam ganhar", completou o treinador.

"O sentimento, neste momento, é terrível. Precisávamos dessa vitória para garantir a classificação e, infelizmente, não conseguimos. A Polônia jogou bem e tem méritos. Nós alternamos bons momentos e outros de apagão. Pecamos muito no bloqueio, sem conseguir parar os atacantes deles. E, em um jogo de alto nível, isso faz muita diferença", explicou o oposto Leandro Vissotto.

O oposto também concorda com Bernardinho sobre o foco na Olimpíada. "O nosso time está trabalhando muito. O foco está nos Jogos Olímpicos e sabemos que tivemos problemas de contusões, que estão sendo resolvidos. A equipe tem muito para crescer ainda e vamos continuar trabalhando pesado para chegar na nossa melhor forma em Londres", afirmou Leandro Vissotto.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiLiga Mundial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.