Bernardinho reclama de excesso de erros do Brasil na decisão da Liga Mundial

A seleção brasileira masculina ficou com o vice-campeonato da Liga Mundial ao ser derrotada pela Sérvia por 3 sets a 0, neste domingo, com uma grande atuação da equipe adversária. Para o técnico Bernardinho, o time europeu se beneficiou do excesso de erros do Brasil para garantir o título.

Estadão Conteúdo

17 de julho de 2016 | 19h56

"A Sérvia merece só os parabéns. É difícil dizer algo sobre o jogo. Em três sets nós cometemos mais erros que em dois jogos. Eu quero pedir desculpa aos torcedores e aos jogadores que trabalharam tão duro. Eu também devo ter errado em algo", comentou o treinador em entrevista coletiva. No jogo, os sérvios ganharam 24 pontos graças aos erros da seleção brasileira.

Após a derrota na cidade polonesa da Cracóvia, Bernardinho quer que o time volte as atenções aos Jogos Olímpicos. Como não estará no Rio, a Sérvia colocou todos os esforços possíveis no título da Liga Mundial.

"O nosso objetivo principal é a Olimpíada, então nós precisamos pensar nas coisas boas e aprender com os erros. Obrigado, Polônia, pela hospitalidade. Esta semana foi incrível, Cracóvia é uma bela cidade e conhecemos pessoas maravilhosas aqui", acrescentou.

Levantador e capitão do time, Bruninho também reconheceu as falhas da equipe. Para ele, o Brasil não conseguiu lidar com a intensidade de jogo da seleção sérvia. "Parabéns à seleção da Sérvia. Eles jogaram muito bem, muito melhor que nós. Eles pressionaram e nós erramos muito sob essa pressão. Isso foi a chave do jogo. Agora precisamos voltar pra casa e melhorar", analisou o atleta.

A seleção brasileira estreia nos Jogos Olímpicos do Rio no dia 7 de agosto, contra o México, no Ginásio do Maracanãzinho. Na sequencia da primeira fase, o time comandado por Bernardinho encara Canadá, Estados Unidos, Itália e França.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.