Divulgação/CBV
Divulgação/CBV

Brasil domina pódios em etapa do Circuito Mundial de vôlei de praia no Rio

Duplas brasileiras conquistaram cinco das seis medalhas em disputa na etapa de Miguel Pereira, interior do Estado

Estadão Conteúdo

27 de maio de 2018 | 19h26

Uma semana após a dobradinha alcançada em Itapema (SC), as duplas brasileiras voltaram a fazer bonito em uma etapa do Circuito Mundial de vôlei de praia. Neste domingo, o Brasil conquistou nada menos que cinco das seis medalhas em disputa na etapa de Miguel Pereira, no interior do Estado do Rio de Janeiro.

+ Seleção masculina bate Alemanha e vence a 2ª na Liga das Nações de vôlei

No torneio masculino, os três primeiros lugares foram brasileiros. Na grande decisão, Vinícius/Luciano bateu Bernat/Harley por 2 sets a 1 - parciais de 22/24, 21/18 e 15/6. O bronze também foi definido em uma disputa caseira e Ramon Gomes/Álvaro levou a melhor sobre Felipe Cavazin/Vinícius Cardozo por 2 a 0 (21/14 e 21/14).

"Vir do torneio de qualificação e chegar ao ouro é muito difícil, ainda mais podendo ser eliminado no primeiro jogo. É preciso controlar bem o fator psicológico. Então foi muito especial, estou muito feliz com essa minha primeira medalha em uma competição da FIVB", contou o capixaba Luciano.

Entre as mulheres, as brasileiras conseguiram uma prata e um bronze. Na final, Aline e Diana lutaram, mas foram superadas pela dupla da Romênia Adriana-Maria Matei e Beata Vaida por 2 sets a 0 (21/13 e 21/19). Na briga pelo terceiro posto, Tainá/Victoria venceu Naiana/Rachel por 2 a 0 (21/18 e 21/19).

Desde a criação do Circuito Mundial, em 1989, o Brasil nunca deixou de receber uma etapa, sendo o maior vencedor do tour. As cidades que já receberam a competição são Brasília, Fortaleza, Guarujá (SP), Itapema (SC), João Pessoa, Maceió, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, Santos, São Paulo e Vitória.

Tudo o que sabemos sobre:
vôlei de praia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.