Brasil está na final do Mundial

O Brasil está na final do Campeonato Mundial Masculino de Vôlei. Jogando com muita garra, a equipe do técnico Bernardinho venceu, nesta quinta-feira à noite, em Córdoba, espetacularmente a forte Iugoslávia, campeã olímpica, por 3 sets a 1, parciais de 26/24, 22/25, 27/25 e 25/23, pela semifinal. Agora aguarda a partida desta sexta-feira entre França e Russia para saber com qual equipe irá disputar o título domingo, no Luna Park, em Buenos Aires, às 18h40. O time jogou com espírito de campeão, agressivo. Anderson entrou no lugar de André e Ricardinho no de Maurício, ainda no primeiro set, e ambos foram decisivos para a vitória. Anderson fez 19 pontos. Mas foi a vibração da equipe o que mais contou em quadra, capaz de contagiar até mesmo parte da torcida argentina, visivelmente contrária ao time brasileiro no início, mas que depois acabou até aplaudindo, apesar da decepção com sua seleção, no dia anterior. Se a França vencer a Russia, na outra semifinal, o Brasil enfrentará os franceses pela pela segunda vez no Mundial. Na fase de classificação ganhou por 3 a 0. Ate hoje, o Brasil jogou 37 vezes contra a França e venceu 29. Os favoritos nesta sexta-feira, contudo, são os russos, o time de maior estatura do Mundial. No caso de a Russia realmente ganhar os brasileiros terão a chance de devolver a derrota na decisão da última Liga Mundial, por 3 a 1, em Belo Horizonte. Iugoslávia e o perdedor de França e Rússia decidem o terceiro lugar sábado em Buenos Aires, às 18h40. O Brasil, que nos últimos quatro mundiais obteve o quarto lugar, chega pela segunda vez a uma decisão. A primeira foi em 1982, também na Argentina, quando a equipe formada por William, Bernard, Montanaro, Renan, Fernandão e Xandó, perdeu a decisão para a União Soviética.

Agencia Estado,

10 de outubro de 2002 | 22h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.