Brasil estreia com vitória sobre os EUA no Final Four

Triunfo brasileiro em Lima é por 3 sets a 2, com parciais de 25/12, 22/25, 25/22, 19/25 e 15/13

09 de setembro de 2009 | 21h49

A seleção brasileira feminina de vôlei começou bem nesta quarta-feira sua campanha no Final Four, rumo ao quinto título na temporada 2009 (já faturou o Torneio de Montreux, na Suíça, a Copa Pan-Americana, nos EUA, o Pré-Mundial, em Minas Gerais, e o Grand Prix, cuja fase final foi disputada no Japão). Em Lima, no Peru, ganhou dos Estados Unidos por 3 sets a 2, com parciais de 25/12, 22/25, 25/22, 19/25 e 15/13.

Após garantir a 50.ª vitória na história sobre a rival da decisão dos Jogos Olímpicos de Pequim (2008), quando faturou a medalha de ouro, o Brasil volta a entrar em quadra nesta quinta, às 19 horas, contra a República Dominicana. O torneio vai até o próximo domingo.

PARTIDA COMPLICADA

O Brasil venceu com tranquilidade o primeiro set. Com um bom saque, o time brasileiro fez 4 a 0 e 8 a 1. A diferença foi mantida até o fim para a vitória por 25 a 12.

No set seguinte, foi a vez de os Estados Unidos colocarem vantagem no marcador. Fernanda Garay entrou no lugar de Regiane quando as norte-americanas já venciam por 13 a 2. A seleção brasileira ainda diminuiu a desvantagem, com um saque de Carol Gattaz e um contra-ataque: 19 a 10. Com Sassá, Adenízia e Fernanda Garay, além de dois erros de ataque das adversárias, o Brasil conseguiu se aproximar ainda mais: 21 a 16. Com Fernanda Garay, a seleção brasileira fez mais dois pontos: 22 a 18. Apesar da reação, os Estados Unidos chegaram à vitória em três bolas consecutivas: 25 a 22 - o ponto da vitória veio em um bloqueio.

A seleção brasileira chegou à frente nos dois tempos técnicos do terceiro set: 8 a 7 e 16 a 14. As duas equipes mantiveram o equilíbrio. Com o placae igual em 21 pontos, o Brasil marcou três pontos seguidos: dois com Adenízia e um em um erro de recepção dos Estados Unidos: 24 a 21. Um ataque de Adenízia fechou o set em 25 a 22.

No quarto set, equilíbrio até o décimo ponto. Os Estados Unidos aproveitaram alguns erros do Brasil, especialmente nas finalizações, para abrirem uma boa vantagem: 16 a 10 - o 16.º ponto veio em um ponto de saque norte-americano. A seleção brasileira desperdiçou mais algumas oportunidades e as adversárias ampliaram a vantagem para 21 a 14. Apesar de ainda tentar uma reação, o time brasileiro acabou derrotado no quarto set.

EMOÇÃO NO FIM

Os Estados Unidos fizeram 1 a 0 no quinto e decisivo set. Com Adenízia, o Brasil chegou ao empate. A meio-de-rede marcou também o segundo ponto, através de um bloqueio. Com Sassá do fundo de quadra, a equipe brasileira fez 8 a 3 no placar. As norte-americanas, porém, reagiram. O placar ficou igual em 13 pontos. A vitória do Brasil veio por 15 a 13.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.