Brasil ganha do Chile e segue invicto no Sul-Americano de vôlei

Time de Bernardinho venceu por 3 sets a 0 no ginásio Aecim Tocantins

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2011 | 00h05

CUIABÁ - Foi um pouco mais difícil que na estreia contra o Uruguai, mas a seleção brasileira masculina de vôlei venceu mais uma vez no Campeonato Sul-Americano, que está sendo realizado no ginásio Aecim Tocantis, em Cuiabá (MT). Nesta terça-feira, os comandados do técnico Bernardinho derrotaram o Chile por 3 sets a 0 - com parciais de 25/21, 25/19 e 25/10, em pouco mais de uma hora.

Sem contar com os astros Giba, Gustavo e Leandro Visotto, que nem foram inscritos no Sul-Americano, o Brasil entrou em quadra nesta terça com Bruno, Sidão, Murilo, Wallace, Marlon e Dante, além do libero Serginho. Do time que jogou contra o Uruguai na rodada inaugural, apenas Bruno e Serginho permaneceram entre os titulares.

O Brasil volta a jogar nesta quarta contra o Paraguai, a partir das 22h30 (de Brasília). Depois, enfrenta Colômbia, Venezuela e Argentina. O primeiro colocado neste heptagonal fica com o título sul-americano e se garante na Copa do Mundo, que acontece no final do ano, no Japão, e classifica três seleções para a Olimpíada de Londres, em 2012.

"É difícil estar 100% concentrado em um jogo que não exige tanto. Mas temos que manter a concentração nos jogos, especialmente para domingo, quando iremos enfrentar a Argentina", disse o técnico Bernardinho, logo após a segunda vitória no Sul-Americano.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiSul-AmericanoBrasilChile

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.