CBV/Facebook
CBV/Facebook

Brasil luta, mas perde da Alemanha em 5 sets no Torneio de Montreux

Seleção feminina de vôlei cai diante de alemãs depois de vencer na estreia da competição

Estadão Conteúdo

07 de junho de 2017 | 19h54

Depois da vitória na estreia, a seleção brasileira feminina de vôlei perdeu para a Alemanha por 3 sets a 2, com parciais de 17/25, 25/20, 22/25, 25/23, 13/15, pelo Torneio de Montreux, na Suíça. Foi a estreia da equipe alemã na competição, nesta quarta-feira.

Apesar da primeira derrota em Montreux, a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães segue na liderança do Grupo B, com quatro pontos. A Polônia ocupa o segundo posto, com três. A Alemanha, com apenas um jogo disputado, soma dois. E a Tailândia é a lanterna, ainda sem pontuar.

Como aconteceu na estreia, na terça, o maior destaque brasileiro foi Tandara. Ela foi a maior pontuadora da equipe, com 19 pontos. Na partida, só ficou atrás da alemã Louisa Lippmann, com 21. Do lado do Brasil, Natália também se destacou, com 14 pontos.

Mesclando jogadoras experientes e outras mais novas, a seleção brasileira esteve atrás no placar durante todo o jogo desta quarta. O melhor desempenho aconteceu no segundo set, quando aproveitou uma queda de rendimento das alemãs para crescer na partida.

No terceiro set, o Brasil teve boas oportunidades para ao menos pressionar as alemãs, tentando uma virada no placar, mas falhou nos pontos decisivos. Após buscar o empate, na parcial seguinte, as brasileiras iniciaram mal o tie-break e viram a Alemanha abrir rápida vantagem. Elas chegaram a fazer 12/7 no placar antes de sacramentar a vitória.

O time brasileiro volta à quadra na sexta-feira, às 13h45, para enfrentar a Tailândia. A depender dos outros resultados da chave, o Brasil poderá garantir a vaga nas semifinais se vencer as tailandesas em sua última partida na fase de grupos.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
vôleiBrasilAlemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.