Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Brasil perde para a Rússia na despedida da Liga Mundial

Desanimada após a derrota para os Estados Unidos na semifinal, seleção é superada por 3 sets a 1

Rafael Vergueiro, estadao.com.br

27 de julho de 2008 | 11h39

Abatida após a derrota de sábado na semifinal contra os Estados Unidos, a seleção brasileira masculina de vôlei voltou a perder neste domingo e não conseguiu sequer ficar com o terceiro lugar na Liga Mundial de vôlei. No Ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, a equipe perdeu a disputa do bronze para a Rússia por 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 25/19, 23/25 e 25/19.Veja também: Bernardinho diz que Brasil vive pior momento sob seu comando Jogadores vêem Brasil ainda como favorito no vôlei em Pequim EUA batem Sérvia e são campeões da Liga Mundial de vôlei Técnico russo fica feliz com 3.º lugar da Liga Mundial A derrota na Liga Mundial de vôlei vai influenciar o desempenho do Brasil nas Olimpíadas? Gustavo: 'Perdemos o favoritismo nos Jogos Olímpicos'  Dante e Giba faturam prêmios individuais na Liga Mundial Esta é a primeira vez que o Brasil fica fora do pódio na Liga Mundial sob o comando do técnico Bernardinho. Com o treinador, o time conquistou seis vezes a competição (2001, 2003, 2004, 2005, 2006 e 2007) e ainda foi vice-campeão em 2002, justamente quando a fase final também foi disputada no Rio de Janeiro.Agora, a seleção brasileira volta completamente as suas atenções para os Jogos Olímpicos de Pequim, em agosto. No torneio, o Brasil terá que defender o ouro olímpico conquistado em Atenas-2004.SEM ÂNIMOO time brasileiro entrou em quadra para enfrentar a Rússia neste domingo sem o ânimo que costuma demosntrar. O Maracanãzinho já não estava tão lotado e a equipe demonstrou que ainda não havia esquecido os erros cometidos no dia anterior.Com isso, os russos aproveitaram a oportunidade para abrir uma boa vantagem logo no primeiro set. Mesmo sem um dos principais jogadores da equipe, Poltavskiy, a equipe da Rússia mostrou força em quadra. Já no Brasil apenas o atacante Ginba jogava no mesmo nível de confrontos anteriores.Após a vitória no primeiro set, a Rússia fechou a segunda parcial com ainda mais facilidade, para desespero do técnico Bernardinho, que do banco não parava de gritar com os jogadores. As broncas do comandante surtiram efeito e no terceiro set o Brasil foi buscar uma desvantagem de quatro pontos para diminuir a vantagem do adversário para 2 sets a 1, com boa atuação de Dante.Mas, no quarto set, os russos voltaram a jogar bem e a seleção brasileira não teve poder de recuperação. Mesmo com a derrota, a equipe foi aplaudida pela torcida no fim da partida. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.