Brasil se prepara para enfrentar a França pela Liga Mundial

Jogos entre brasileiros e franceses pela competição acontecerão no sábado e no domingo, sempre às 10h

Redação,

10 de julho de 2008 | 21h19

A seleção brasileira masculina de vôlei iniciará nesta sexta-feira a preparação para as partidas contra a França pela Liga Mundial de Vôlei. Os jogos acontecerão no sábado e no domingo, sempre às 10h, no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte.Brasil e França somam 14 pontos no grupo A da Fase Intercontinental, mas a liderança da chave é dos brasileiros, que levam vantagem no ponto average (divisão dos pontos marcados pelos pontos sofridos), primeiro critério de desempate da competição. A Sérvia, que soma 11 pontos, e a Venezuela, nove, duelarão na sexta-feira e no domingo na Sérvia.Em Belo Horizonte, o técnico Bernardinho provavelmente poderá contar com o ponteiro Giba e o meio-de-rede Rodrigão, que lesionados e ainda não estrearam na Liga Mundial.O central Gustavo, que deve estar em quadra, destacou a importância de ter a equipe completa às vésperas da fase decisiva da competição. "Se a volta deles for confirmada, poderemos contar com a equipe completa. É importante para darmos seqüência ao trabalho de entrosamento do time, iniciado nos jogos contra a Sérvia. Precisamos melhorar na recepção e no bloqueio. Devemos tirar proveito de todas as partidas para evoluirmos. A França virá muito motivada. O levantador Pujol, que na joga na mesma equipe que eu no Campeonato Italiano, me falou que a principal motivação deles na Liga Mundial é vencer o Brasil. Mas não vamos deixá-los crescer dentro da nossa casa", prometeu o meio-de-rede brasileiro.O oposto André Nascimento, que já disputou quatro partidas na atual edição da Liga Mundial e marcou 67 pontos, será uma das armas da equipe comandada pelo técnico Bernardinho. O atacante brasileiro espera que o time consiga demonstrar evolução em relação às atuações diante da Sérvia, no último final de semana."O objetivo traçado desde o começo do trabalho é que o time cresça neste momento, para as Finais da Liga Mundial e os Jogos Olímpicos de Pequim. A Sérvia foi um bom teste na última semana, assim como a França também será em Belo Horizonte. É um time que tem bom volume de jogo, então nos exigirá bastante e nos dará oportunidades de trabalhar todos os fundamentos", declarou.Já o líbero Sérgio Escadinha destacou as principais qualidades da seleção francesa. "É um time totalmente renovado, que mostrou qualidades nos jogos contra o Brasil em Paris, onde inclusive derrotou a seleção brasileira uma vez. Por serem jovens, os atletas franceses estão extremamente empolgados e confiantes. É um time forte na defesa. Ainda precisamos melhorar um pouco em praticamente todos os aspectos, mas o planejamento está sendo cumprido. A preparação que realizamos me deixa certo de que teremos sucesso na temporada", finalizou.O Brasil, por ser o país-sede, já está classificado para as finais da Liga Mundial, que acontecerão no Rio de Janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Liga MundialBrasilFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.