Brasil Telecom vence e segue perto dos líderes da Superliga

São Caetano também supera o Minas Tênis Clube por 3 sets a 0 e segue em fase de recuperação no torneio

Agencia Estado

18 de janeiro de 2009 | 11h49

O Brasil Telecom (SC) derrotou o Medley/Banespa (SP) por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 33/31 e 25/15, neste sábado, em Santa Catarina, pela segunda rodada do terceiro turno da Superliga feminina de vôlei. A vitória deixou as catarinenses com 23 pontos, na terceira colocação da classificação geral da competição. O Banespa é o oitavo, com 18. O destaque do jogo foi Elisângela, maior pontuadora da partida, com 22 pontos, e eleita a melhor jogadora em quadra. Apesar da vitória, o técnico da equipe catarinense, Maurício Thomas, lamentou os erros do Brusque. "Jogamos muito mal na recepção. Sabíamos das dificuldades que iríamos encontrar, principalmente porque o adversário defende bastante".Já o técnico do Banespa, Alê Rivetti, demonstrou confiança na recuperação da equipe na competição. "A equipe está empenhada, concentrada. Vamos brigar para ficarmos entre os oito primeiros colocados nessa fase classificatória da Superliga", prometeu.Neste domingo, encerrando a rodada, o São Caetano/Blausiegel (SP) não teve dificuldade para superar o Minas Tênis Clube (MG), em casa, por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 25/21 e 25/09. A equipe paulista soma agora 22 pontos, na quinta posição da tabela, enquanto o Minas é o sexto, com 19.Chicão, técnico do São Caetano, aprovou o desempenho das jogadoras. "A postura delas foi de quem está trabalhando muito. Perdemos concentração no segundo set, mas voltamos ao jogo no terceiro set e vencemos", analisou o treinador, que tem no elenco as campeãs olímpicas Fofão, Mari e Sheilla. "Se o conjunto não funcionar, o individual não consegue resolver", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.