Natacha Pisarenko/AP
Natacha Pisarenko/AP

Brasil vence e fará final com a Rússia na Liga Mundial de vôlei

Após vitória sobre a Bulgária, time de Bernardinho luta pelo título neste domingo, às 20h

AE, Agência Estado

20 de julho de 2013 | 22h25

MAR DEL PLATA - A seleção brasileira masculina de vôlei venceu a Bulgária por 3 sets a 1, com parciais de 25/12, 25/17, 23/25 e 25/16), neste sábado à noite, em Mar del Plata, na Argentina, e se garantiu na final da Liga Mundial 2013. Desta forma, o Brasil buscará o seu décimo título da competição da qual é o maior vencedor neste domingo, a partir das 20 horas (de Brasília), diante da Rússia, que horas mais cedo derrotou a Itália por 3 sets a 1 na outra semifinal.

A equipe nacional lutará para voltar a ganhar a Liga Mundial depois de ter a conquistado pela última vez em 2010, sendo que anteriormente também ficou com a taça da competição em 1993, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007 e 2009.

No jogo que valerá o título, o Brasil reencontrará a Rússia neste domingo depois de ter sido derrotado pelo rival, por 3 sets a 2, nesta fase final da Liga Mundial. Os russos também foram responsáveis, no ano passado, pela amarga derrota de virada sofrida na final olímpica dos Jogos de Londres, onde o time comandado por Bernardinho esteve muito próximo de conquistar o ouro após abrir 2 sets a 0 e ostentar boa vantagem na terceira parcial, antes de tomar uma incrível virada.

No duelo deste sábado, mais uma vez o Brasil não pôde contar com o oposto Leandro Vissotto, que não encarou o Canadá, na última sexta-feira, por estar se recuperando de um edema no tendão patelar do joelho esquerdo. Porém, mais uma vez o seu substituto, Wallace, se destacou como maior destaque do time nacional, assim como aconteceu no triunfo por 3 sets a 0 sobre os canadenses.

Com 24 pontos, ele foi disparado o grande nome do jogo diante dos búlgaros, que foram atropelados nos dois primeiros sets e só conseguiram ameaçar o domínio brasileiro na terceira parcial, na qual Dante acabou se machucando e precisou deixar o duelo. No set final, entretanto, os brasileiros voltaram a tomar conta do confronto e avançaram à decisão com autoridade e tranquilidade.

Com 15 pontos, o garoto Lucarelli, atacante da nova geração do vôlei nacional, também brilhou no duelo diante da Bulgária ao ser o segundo maior pontuador do Brasil. Já o ponteiro Tsvetan Sokolov, principal nome da equipe búlgara, teve uma atuação sofrível ao contabilizar apenas seis pontos. Todor Aleksiev, com 16 acertos, foi o maior pontuador búlgaro.

O Brasil entrou em quadra neste sábado com Bruno, Wallace, Isac, Lucão, Dante e Lucarelli, além do líbero Mário Jr. Lipe, William e Maurício entraram na equipe no decorrer da partida.

Novamente rivais na briga por mais um título neste domingo, Rússia e Brasil também foram os finalistas da Liga Mundial em 2010 e 2011, sendo que os brasileiros levaram a melhor na primeira destas decisões, antes de os russos darem o troco no ano seguinte e depois superarem o time de Bernardinho na final olímpica de Londres.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiLiga MundialBrasilBulgária

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.