Koji Sasahara/AP
Koji Sasahara/AP

Brasil vence Japão e lidera fase final do Grand Prix

Com o novo triunfo, a seleção brasileira se garante na liderança isolada da competição

AE, Agência Estado

29 de agosto de 2013 | 09h29

SAPPORO - Depois de massacrar os Estados Unidos em sua estreia na fase final do Grand Prix, na última quarta-feira, a seleção brasileira feminina de vôlei voltou a conquistar uma vitória por 3 sets a 0, nesta quinta, ao bater o Japão com parciais de 25/21, 25/22 e 25/17, no Hakkaido Prefectural Sports Center, em Sapporo (JAP).

Com o novo triunfo, o Brasil se garantiu na liderança isolada deste estágio derradeiro da competição, com seis pontos, um à frente da vice-líder China, que horas mais cedo bateu a Itália por 3 sets a 2, com parciais de 28/30, 25/22, 26/28, 25/13 e 15/10.

As chinesas também acumulam duas vitórias em dois jogos nesta fase final, mas triunfos por 3 sets a 2 rendem apenas dois pontos, e não três. Por isso, a seleção oriental está logo atrás das brasileiras, que voltarão a jogar nesta sexta-feira, às 3h30 (de Brasília), contra a Itália.

Em outro duelo disputado nesta quinta no Japão, a Sérvia derrotou os Estados Unidos por 3 sets a 1, 25/23, 20/25, 25/18 e 25/23, e chegou aos mesmos três pontos das japonesas, que figuram na terceira posição pelos critérios de desempate. A Itália, pelo ponto somado na derrota para a China, ocupa o penúltimo lugar, enquanto as norte-americanas amargam a lanterna, sem nenhum ponto.

No confronto desta quinta, o Brasil travou um primeiro set equilibrado com o Japão, que foi para a primeira parada técnica em vantagem de 8 a 7 e chegou a abrir 14 a 11. Porém, depois que o técnico José Roberto Guimarães trocou Monique por Sheilla, o time nacional começou a reagir. E justamente por meio de uma boa sequência de saques de Sheilla, as atuais campeãs olímpicas fecharam o primeiro set por 25 a 21.

Já o segundo set parecia desenhar uma vitória do Japão, que mais uma vez abriu vantagem e chegou a fazer 9 a 4. O Brasil, entretanto, voltou a reagir aos poucos e, depois de estar perdendo por 13 a 9, conseguiu empatar em 14 a 14, antes de ir para a segunda parada técnica vencendo por 16 a 15. E, mais eficientes nos momentos decisivos, as brasileiras fecharam a segunda parcial em 25 a 22.

Confiante com as boas reações que acumulou no jogo, o Brasil entrou com tudo na terceira parcial e logo abriu 5 a 1. O Japão ainda reagiu e foi para a primeira parada técnica perdendo por 8 a 7. Mas, assim como aconteceu nos sets anteriores, as brasileiras deslancharam no final do confronto para liquidar o duelo em 25 a 17.

O Brasil entrou em quadra nesta quinta com Dani Lins, Monique, Fê Garay, Gabi, Fabiana e Thaísa, além da líbero Fabi. Sheilla, Michelle e Claudinha entraram no time durante o confronto. A ponteira Gabi, com 19 pontos, foi o grande destaque do duelo, enquanto Fê Garay e Thaísa também brilharam, respectivamente com 15 e 14 acertos. Yukiko Ebata e Saori Kimura, com respectivos 11 e 10, foram as maiores pontuadoras japonesas.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiGrand PrixBrasilJapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.