Brasil vence por 3 a 1 e elimina EUA na Liga Mundial

Classificada para a próxima fase, equipe masculina contou com apoio da torcida no Rio de Janeiro

AE, Agência Estado

13 de julho de 2013 | 12h30

RIO - Mesmo classificada para a fase final da Liga Mundial, a seleção brasileira masculina de vôlei não aliviou contra os Estados Unidos neste sábado e venceu os rivais por 3 sets a 1, com parciais de 25/22, 25/18, 20/25 e 28/26, no Ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

O triunfo garantiu o Brasil na primeira colocação do Grupo A, assegurou a classificação da Bulgária e eliminou a equipe americana da competição. Os Estados Unidos precisavam da vitória para seguir com chances na Liga Mundial. O time da casa e a equipe americana encerram suas participações nesta fase no domingo, em novo duelo no Rio.

O Brasil entrou em quadra neste sábado com a classificação garantida para a fase final da Liga Mundial. E com folga na liderança do seu grupo. Bernardinho aproveitou a situação favorável para poupar Bruninho, Dante e Leandro Vissotto.

A tranquilidade da equipe foi comprovada no início do jogo, quando uma sequência de erros fez o time rival abrir 4/0 no placar. Mas os comandados de Bernardinho não queriam apenas cumprir tabela contra os rivais americanos. E logo levantaram os torcedores no retorno da seleção ao Maracanãzinho, onde não jogava desde junho de 2011.

No ginásio lotado, os brasileiros exibiram uma reação incrível. Após estarem perdendo por 10/4, reduziram a diferença pouco a pouco até alcançar 19/20. Empurrado pela torcida, o Brasil obteve a virada em 21/20 e fechou em 25/22.

Mais equilibrada, a equipe nacional mostrou consistência no segundo set. E, após sair na frente, não perdeu a liderança do placar. Chegou a fazer 12/6 com uma série de quatro saques poderosos de Lucão. A vantagem apontava 18/9 antes de o Brasil vencer mais um set, desta vez mais tranquilo, por 25/18.

A desvantagem de dois sets, contudo, não abalou os Estados Unidos. Os americanos começaram o terceiro set na frente, com 5/1 no marcador, e aproveitaram a irregularidade do saque brasileiro para manter a vantagem até fechar a parcial em 25/20.

Passado o susto, o Brasil reagiu novamente na partida. E voltou a liderar o placar no quarto set, o mais equilibrado da partida. O time americano manteve um bom duelo até o fim, alternando vantagens e viradas no placar. Chegaram a estar na frente por três vezes e tiveram um set point, quando estavam com 25/24, mas os brasileiros se defenderam bem e reassumiram a ponta para fechar em 28/26.

Depois do segundo jogo contra os Estados Unidos, na manhã deste domingo, a equipe nacional volta à quadra para disputar a fase final da Liga Mundial, entre os dias 17 e 21 deste mês, em Mar del Plata, na Argentina. Somente as seis melhores seleções da fase atual vão garantir vaga na disputa decisiva da tradicional competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.