Divulgação/CBV - 10/04/2010
Divulgação/CBV - 10/04/2010

Brasil Vôlei Clube encerra atividades até novo patrocínio

Sem investimento, equipe de São Bernardo dispensa atletas das categorias juvenil e adulto

estadao.com.br,

26 de abril de 2010 | 15h22

O tradicional Brasil Vôlei Clube, ex-Banespa, declara o fim de suas atividades e dispensa os atletas das categorias juvenil e adulto. Em comunicado feito pelo presidente José Montanaro Jr., os jogadores estão liberados para serem negociados com outros clubes e a equipe ficará inativa até conseguir novo patrocínio.

"Quando coloco a cabeça no travesseiro e paro para pensar em toda a história desse grupo é muita angústia, tristeza. Para mim, são 23 de 25 anos de dedicação, primeiro como jogador, depois como dirigente. Realizei sonhos aqui, até o de ser o presidente. É um trabalho que já não é nosso, é do Brasil", disse Montanaro, em março.

No segundo semestre de 2009, o Banco Santander decidiu concentrar seus investimentos na Fórmula 1 e no futebol. Com o encerramento da parceria, o time de São Bernardo do Campo precisou cancelar a peneira e liberar a equipe de base.

O Brasil Vôlei Clube revelou nomes como Gustavo, Murilo, Rodrigão, Sidão, Giovane, Marcelo Negrão e Tande e, durante 25 anos, forneceu jogadores para a seleção brasileira.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiBrasil Vôlei Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.