Alexandre Arruda/CBV/Divulgação
Alexandre Arruda/CBV/Divulgação

Brasil volta a vencer EUA antes da fase final da Liga

Brasil venceu com facilidade por 3 sets a 0

AE, Agência Estado

14 de julho de 2013 | 11h41

RIO - A seleção brasileira masculina de vôlei voltou a se impor diante do rival Estados Unidos, neste domingo, no Maracanãzinho. A equipe de Bernardinho bateu os americanos, já eliminados, por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 26/24 e 25/23, no Rio de Janeiro, no último jogo antes da fase final da Liga Mundial.

Já classificado, o Brasil faturou a segunda vitória seguida sobre os Estados Unidos - vencera por 3 a 1 no sábado - e encerrou a fase com apenas uma derrota, diante da França. Os comandados de Bernardinho já haviam garantido a primeira colocação isolada do Grupo A, antes de se despedir da torcida brasileira neste domingo.

Os jogadores do Brasil voltam a quadra a partir desta quarta-feira para disputar a fase final da competição em Mar del Plata, na Argentina. O Brasil vai integrar o Grupo E e terá pela frente logo na quarta a Rússia - o Canadá completa o grupo. A outra chave terá Itália, Bulgária e a anfitriã Argentina.

Neste domingo, Bernardinho voltou a poupar Bruninho, Dante e Leandro Vissotto. E deu chance a Lipe e Maurício Souza, que começou como titular. Dentro de quadra, a partida, que apenas cumpriu tabela, teve disputa apertada, com boa atuação dos Estados Unidos.

Depois de levar um susto no início da partida de sábado, o Brasil começou atento o duelo deste domingo e protagonizou boas disputas logo nos primeiros pontos. Mesmo já eliminado da competição, os Estados Unidos desprezaram o clima de "amistoso" e não reduziram o ímpeto.

As duas equipes se alternaram na liderança do placar no set inicial até o Brasil assumir a liderança com 10/8. A partir dos erros do adversário, o time da casa ampliou a vantagem e não teve problemas em fechar a parcial por 25/21.

O duelo ganhou em equilíbrio no segundo set. A equipe americana saiu na frente e sustentou a vantagem no marcador, com 14/10 e 19/15. Mas, como aconteceu no sábado, o poderoso saque de Lucão voltou a fazer diferença e os brasileiros buscaram o empate em 20/20. Após virar em 22/21, o Brasil fechou em 26/24.

A terceira parcial também foi marcada pelo equilíbrio. Os dois times voltaram a se alternar na ponta até que a disputa ficou mais acirrada nos últimos pontos. O Brasil abriu 16/13, mas levou a virada em 20/19. Os americanos fizeram, então, 22/19 e pareciam encaminhar a vitória no set.

No entanto, os brasileiros reagiram rapidamente e viraram para 23/22. Empurrada pela torcida carioca, a seleção mostrou força nos pontos finais e fechou em 25/23.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.