Cansaço não atrapalha a festa do vôlei em São Paulo

A maior parte da seleção masculina de vôlei desembarcou na manhã desta terça-feira no Brasil, após mais de 24 horas de viagem de volta do Japão, onde conquistou o bicampeonato mundial no domingo. Apesar do cansaço, os jogadores enfrentaram uma maratona, com desfile em carro aberto pelas ruas de São Paulo, e festejaram muito com os torcedores.Do grupo campeão, apenas sete jogadores vieram para São Paulo: Giba, Anderson, Marcelinho, Dante, Rodrigão, Samuel e Serginho. Os outros (Gustavo, Murilo, André Heller, Ricardinho e André Nascimento) ficaram na Europa. E o técnico Bernardinho seguiu direto para o Rio.Mas o grupo que desceu em São Paulo não perdeu a animação, mesmo debaixo de chuva em alguns momentos do desfile em cima do carro do Corpo de Bombeiros. As ruas do centro da cidade e a Avenida Paulista ficaram paradas para ver os bicampeões passarem.?Temos compromisso na Itália - o Campeonato Italiano começa no domingo -, mas sabemos a importância de estar aqui no Brasil. Sabemos que o pessoal viu, acompanhou, torceu. Nada mais justo do que vir aqui para agradecer todo esse carinho", disse Giba, eleito o melhor jogador do Campeonato Mundial, que atua no Cuneo, da Itália.Dante, que joga no Panathinaikos, da Grécia, foi outro a comandar a festa em cima do carro do Corpo de Bombeiros. ?Fizemos nossa parte e acho que era justo vir ao Brasil comemorar e agradecer a todos que torceram por nós. Foi uma surpresa ver tanta gente na rua, não esperávamos que fosse tudo isso. Parar a Avenida Paulista não é algo muito comum de se ver?, afirmou o jogador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.