Divulgação/CBV
Divulgação/CBV

Central da seleção, Bia acerta retorno ao Osasco para próxima temporada

Jogadora está com o grupo do Brasil que disputa a Liga das Nações

Redação, Estadão Conteúdo

10 de junho de 2019 | 21h19

Na seleção brasileira feminina de vôlei que disputa a Liga das Nações, Bia definiu o seu futuro nos clubes. Nesta segunda-feira, a central foi anunciada como reforço do Vôlei Osasco-Audax para a temporada 2019/2020, deixando o Sesc RJ, time que defendeu na última edição da Superliga.

O acerto representa um retorno para Bia. Afinal, a central atuou pelo time de Osasco pela primeira vez na temporada 2011/2012, quando, inclusive, foi campeã da Superliga. Depois, ela voltou para a equipe em 2016, permanecendo por dois anos, até 2018.

"Tenho um carinho muito grande por Osasco. Me identifico bastante com o time. É onde sempre fui muito feliz, tive grandes momentos de conquista. Momentos de crescimento pessoal e profissional. Então, posso dizer que é um retorno para casa", disse a central.

Além do retorno ao Osasco, Bia também celebrou a oportunidade de voltar a trabalhar com o técnico Luizomar de Moura. "Trabalhei com ele a primeira vez aos 15 anos, quando foi meu técnico nas categorias de base da seleção. É um cara que sempre admirei como profissional e como pessoa. Fico muito feliz por voltar a formar parceria com ele e com toda a sua comissão técnica, formada por pessoas que gosto bastante e tenho carinho muito especial", contou.

Semifinalista da última Superliga, o Osasco já havia se reforçado para a próxima temporada de clubes com a levantadora Roberta. Além disso, renovou os contratos das líberos Camila Brait e Kika.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.