Divulgação
Divulgação

Cimed ansiosa pelo início do Mundial de clubes de vôlei

Competição masculina em Doha, no Qatar, acontece entre os dias 3 e 8 de novembro, após 17 anos

Redação,

22 de outubro de 2009 | 19h32

Os jogadores da Cimed estão ansiosos para o início do Mundial de clubes masculino de vôlei, que acontece entre 3 e 8 de novembro em Doha, no Qatar. A competição volta a fazer parte do calendário internacional após 17 anos - a última edição foi em 1992.

O time de Florianópolis ganhou o direito de participar do torneio ao conquistar o Campeonato sul-americano. O técnico Marcos Pacheco que será uma grande oportunidade para seus atletas enfrentar os melhores times do planeta.

"Estaremos frente a frente com as equipes mais qualificadas do mundo. Quero saber como meus jogadores vão lidar com isso. O torneio será bastante complicado, ainda mais por ser algo novo no nosso calendário", declarou.

No Mundial, a Cimed terá como trunfo principal os cinco atletas brasileiros que fizeram parte do grupo da seleção que faturou a última Liga Mundial: o levantador Bruno Rezende, o ponta Thiago Alves, o líbero Mário Jr. e os meios-de-rede Eder e Lucão.

A equipe catarinense estará no Grupo B da competição e enfrentará, na primeira fase, PGE Belchatow (Polônia), Payakan (Irã) e Al-Arabi (Qatar). Já na chave A estarão Trentino (Itália), Zenit Kazan (Rússia), Corozal (Porto Rico) e Zamalek (Egito).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.