Cimed bate Vôlei Futuro e retoma liderança da Superliga

O Cimed/Malwee retomou provisoriamente a liderança da Superliga masculina de vôlei. Nesta quinta-feira, a equipe catarinense derrotou o Vôlei Futuro por 3 sets a 1, com parciais de 30/28, 26/28, 25/23 e 25/17, em Araçatuba, pela sexta rodada do segundo turno.

AE, Agencia Estado

26 de fevereiro de 2010 | 00h06

Os catarinenses superaram o Sada Cruzeiro na tabela, ao chegar aos 42 pontos. A equipe de Minas Gerais só entra em quadra na sexta-feira para enfrentar o Ulbra/São Caetano, fora de casa. Se vencer, retomará a primeira colocação.

Em terceiro lugar, o Pinheiros/SKY alcançou os 38 pontos e se manteve na disputa pela liderança ao superar Volta Redonda por 3 a 0, parciais de 25/14, 25/16 e 25/21, em São Paulo. Foi a quinta vitória consecutiva dos donos da casa.

"Nosso saque funcionou muito bem, com uma qualidade superior ao que vínhamos apresentando e conseguimos marcar bem os adversários. Nos momentos em que tivemos dificuldades, como aconteceu no início do primeiro e do segundo set, o Gustavo conseguiu acertar uma boa quantidade de saques", afirmou o técnico Carlos Castanheira, o Cebola.

Também nesta quinta, o Brasil Vôlei/São Bernardo derrotou o Montes Claros/Funadem, quinto colocado, por 3 sets a 1, parciais de 22/25, 25/20, 25/22 e 25/19, em São Bernardo. Com a vitória, a equipe do líbero Serginho reagiu na competição. Soma agora 30 pontos, no meio da tabela.

"Hoje a equipe foi muito bem porque soube se reorganizar e se adaptar o tempo inteiro de acordo com o adversário. Tivemos regularidade em todos os fundamentos, e é isso que estamos procurando em nossa preparação a cada jogo", avaliou o técnico Rubinho.

O Sesi continua na quarta colocação da tabela. Nesta quinta, a equipe paulista fez a lição de casa e ganhou do Álvares/Vitória por 3 a 0, parciais de 25/19, 25/18 e 25/15. O Sesi tem os mesmos 38 pontos do Pinheiros, mas leva desvantagem na média de sets.

O Fátima/Medquímica/UCS também não decepcionou a torcida e bateu o Upis/Brasília por 3 a 0, com parciais de 25/18, 25/21 e 25/23, em Caxias do Sul. O Lupo/Náutico/Let''s venceu o Soya/Blumenau/Furb/Barão por 3 a 0, parciais de 25/20, 25/21 e 25/21, em Araraquara. Em Santo André, a equipe da casa caiu diante do Vivo/Minas por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 25/20, 23/25 e 25/21.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.