Cimed e São Bernardo jogam pelo título da Superliga

Jogo põe frente a frente melhor bloqueio, saque e levantamento contra o melhor ataque da competição

estadao.com.br

02 de março de 2008 | 16h11

A final do terceiro torneio da fase classificatória da Superliga masculina de vôlei colocará frente a frente a Cimed (SC), melhor bloqueio, saque e levantamento da competição, e o Santander/São Bernardo (SP), segundo time mais eficiente no ataque. A partida será às 18h30 desta segunda-feira, em Florianópolis, com transmissão ao vivo pelo Sportv.   Na classificação geral, a Cimed lidera com 44 pontos, e soma 21 vitórias e duas derrotas. O Santander/São Bernardo ocupa a sexta posição na classificação geral da Superliga, somando 35 pontos, com 14 vitórias e sete derrotas. O time paulista tem o segundo ataque mais eficiente da competição (38,72% de aproveitamento), e aparece em terceiro no levantamento (32,04%).   Vice-campeã do primeiro torneio, a Cimed chega à final do terceiro torneio com oito vitórias em oito partidas. Em toda a competição, no entanto, o time catarinense não perde há 11 jogos. Já o Santander/São Bernardo soma cinco vitórias e duas derrotas.   O técnico da Cimed, Marcos Pacheco, destacou a importância da conquista deste terceiro torneio da Superliga para sua equipe e também a equivalência de forças. "Já nos enfrentamos duas vezes, e ambos resultados não refletem a realidade das partidas. Jogamos mal em São Paulo e perdemos por 3 a 0. Em casa, tivemos uma boa atuação, e vencemos pelo mesmo placar".   Já o técnico Rubinho, do Santander/São Bernardo acredita que a final será diferente dos dois confrontos anteriores."Será um jogo equilibrado. A Cimed está muito bem, mas nossa equipe também está vivendo seu melhor momento na competição. Crescemos ao longo do campeonato, e é muito importante estarmos nesta decisão para pontuarmos mais na classificação geral e subir de posição", ressaltou o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
Superliga masculina de vôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.