Clássico encerra a rodada inicial da Superliga de vôlei

Santander/São Bernardo, do líbero Serginho, enfrenta o Ulba Suzano, nesta quinta-feira, na Grande São Paulo

Redação,

30 de outubro de 2008 | 10h12

Em quadra, quatro títulos da Superliga. O clássico entre Santander/São Bernardo (SP) e Ulbra Suzano (SP) encerrará nesta quinta-feira a primeira rodada do primeiro turno da Superliga masculina de vôlei 2008/2009. A partida será disputada a partir das 18 horas no ginásio Poliesportivo de São Bernardo do Campo. O Santander/São Bernardo foi campeão na temporada 2004/2005. Já a Ulbra Suzano acumula três títulos (1997/1998, 1998/1999 e 2002/2003). Além desta partida, outro jogo movimentará as quadras nesta quinta. Na serra gaúcha, em Bento Gonçalves, o Bento Vôlei (RS) receberá a Fátima/Medquímica/UCS (RS), às 20h30, no ginásio Municipal. O Santander/São Bernardo repatriou dois atletas para esta temporada: o líbero Serginho, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim e ouro em Atenas/2004, e o levantador Marlon - convocado para a seleção este ano (disputou a Liga Mundial). Além deles, chegaram o oposto Bob, que jogava no voleibol japonês, o levantador Luizinho e o meio-de-rede Acácio (ambos ex-Sada Betim). Outro reforço veio do adversário de estréia: o ponteiro Filipe deixou a Ulbra Suzano e agora está na equipe do técnico Roberley Leonaldo, o Rubinho. "Será um jogo difícil entre fortes equipes. Esta partida será uma prévia de como será a Superliga desta temporada. Espero um confronto bonito e que deverá ser definido nos detalhes, nas retas finais dos sets’", ressalta Rubinho. O treinador do Santander/São Bernardo vê o adversário com fraquezas e forças momentâneas. "Ao mesmo tempo em que o cansaço pode prejudicar a Ulbra Suzano, eles estão com um ritmo de jogo maior. É um time bem organizado tecnicamente. Eles têm um forte bloqueio, características da equipes treinadas pelo Chico. Além disso, o Vinhedo é um levantador veloz", analisa Rubinho. Já a Ulbra Suzano tem novo técnico Chico dos Santos, que estava há cinco anos no exterior. O time manteve no elenco o levantador Vinhedo, o líbero Jeffe e o oposto Kaio. Do Minas Tênis Clube, a equipe de Suzano trouxe dois dos principais reforços: os centrais Jardel e Alberto. Além deles, chegaram o ponteiro Roberto Minuzzi - que estava no voleibol grego - e o levantador Rodrigo (ex-Tigre/Unisul). Atual campeã paulista, a Ulbra Suzano ainda joga o Campeonato Gaúcho. Por isso, para o técnico Chico dos Santos, o maior adversário será o cansaço. "O time precisará superar o desgaste físico. Depois da conquista do Paulista, já fizemos quatro jogos pelo Gaúcho. Mas acredito na força do grupo para superar este obstáculo", conta Chico. O treinador analisa os pontos fortes do time adversário. "O Santander/São Bernardo tem dois centrais altos e o time todo saca muito forte. Além disso, conta nesta temporada com um levantador experiente, o Marlon. Ele imprime muita velocidade ao jogo. Por isso, teremos de sacar bem para dificultar o passe dos adversários", destaca Chico.

Tudo o que sabemos sobre:
Superliga de vôleivôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.