Gaspar Nóbrega/Inovafoto
Gaspar Nóbrega/Inovafoto

Com Dani Lins e Thaísa, seleção B viaja para jogar a Copa Pan-Americana de vôlei

Time está em um período de descanso para iniciar a preparação para o Mundial que será realizado no Japão, a partir do final de setembro

Estadão Conteúdo

04 Julho 2018 | 21h58

Há menos de duas semanas, a seleção brasileira feminina de vôlei encerrou a sua participação na Liga das Nações com a conquista da quarta colocação na Fase Final, disputada na China. Agora em um período de descanso para iniciar a preparação para o Mundial que será realizado no Japão, a partir do final de setembro, as titulares e, inclusive, o técnico José Roberto Guimarães dão espaço para o time B.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo da Rússia

Nesta quarta-feira, a seleção brasileira B embarcou para Santo Domingo, na República Dominicana. O país caribenho será a sede da Copa Pan-Americana entre os próximos dias 8 e 14. Com uma mescla de experiência e juventude, o time terá o comando do técnico Wagner Coppini, o Wagão, que trabalhou o último mês com o elenco no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

Na lista estão jogadoras com vasta história com a camisa da seleção como a levantadora Dani Lins e a central Thaísa, que na quarta-feira teve sua renovação anunciada pelo Hinode Barueri para a próxima temporada. Foram chamadas também para a competição jovens atletas com passagem pelas categorias de base do Brasil, como a oposta Lorenne Geraldo e a central Milka.

"Para formar o grupo, no início, trouxemos as meninas a partir do desempenho delas nas competições nacionais. Junto a isso também levamos em consideração o rendimento de algumas meninas das seleções de base. Temos que ter um olhar para estas jogadoras que se destacam na base e trazê-las para o grupo principal. Não é fácil definir as 14, pois há um equilíbrio muito grande entre elas. Temos que aliar a experiência e o desempenho", contou Wagão.

A competição reunirá 12 equipes divididas em três grupos com quatro times cada. O Brasil está no Grupo C com México, adversário da estreia neste domingo, Colômbia e Argentina. O Grupo A é composto pela equipe da casa, a República Dominicana, além de Costa Rica, Canadá e Peru. Estados Unidos, Cuba, Trinidad e Tobago e Porto Rico formam o Grupo B.

A equipe brasileira que disputará a Copa Pan-Americana é a seguinte: as levantadoras Dani Lins e Claudinha; as opostas Bruna Honório e Lorenne Geraldo; as centrais Mara, Milka, Fran e Thaísa; as ponteiras Edinara, Maira, Fernanda Tomé e Gabriela Cândido; e as líberos Tássia e Natinha.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.