Reprodução Twitter CBV @volei
Reprodução Twitter CBV @volei

Com facilidade, seleção feminina de vôlei bate Polônia em amistoso

Seleções se enfrentam novamente na quinta-feira, em São Paulo

Estadão Conteúdo

27 de junho de 2017 | 23h18

Na reta final da preparação para a disputa do Grand Prix, a seleção brasileira feminina de vôlei parece já estar pronta. Nesta terça-feira, no primeiro de dois amistosos contra a Polônia, as comandadas do técnico José Roberto Guimarães bateram com facilidade as europeias por 3 sets a 0 - com parciais de 25/16, 25/12 e 25/23 -, no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte. O destaque da partida foi a ponteira e capitã Natália.

Os jogos são preparatórios para o Grand Prix, que será realizado de 7 de julho a 6 de agosto em diversas sedes. O Brasil é o atual campeão e lutará pelo 12.º título. Nesta quinta-feira, o segundo amistoso contra as polonesas será no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, a partir das 21h30.

A temporada de 2017 da seleção brasileira começou com duas vitórias em amistosos na região Norte - em Manaus e em Belém - sobre a República Dominicana e depois veio o título do Torneio de Montreux, na Suíça.

A equipe brasileira para os amistosos contra a Polônia é composta pelas levantadoras Roberta, Naiane e Macris; as opostas Tandara, Monique, Fernanda Tomé e Edinara; as ponteiras Natália, Rosamaria, Drussyla e Amanda; as centrais Carol, Adenízia, Bia e Mara; e as líberos Suelen e Gabi.

"Acho que a equipe se comportou melhor do que em Montreux (Suíça). Sofremos a nossa síndrome do terceiro set, entrando no período um pouco menos concentradas, mas nós cutucamos uma a outra e acabamos voltando para a partida e vencendo o jogo", comentou Natália, logo após o jogo, em entrevista ao canal SporTV.

A primeira etapa do Grand Prix será disputada de 7 a 9 de julho, em Ancara, na Turquia, e o Brasil terá como adversários a Bélgica, a Sérvia e a Turquia. A estreia das brasileiras será contra as belgas, no dia 7, às 13h30 (de Brasília).

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.