Divulgação / FIVB
Divulgação / FIVB

Com forte bloqueio, Brasil vira em cima da Sérvia e vence na Liga das Nações de Vôlei

Equipe tem grande atuação coletiva e sobe para a segunda colocação na tabela do torneio na Itália

Redação, Estadão Conteúdo

05 de junho de 2021 | 12h54

Com um bloqueio muito forte a partir do segundo set, a seleção brasileira masculina de vôlei derrotou a Sérvia, de virada, por 3 sets a 1, com parciais de 23/25, 25/23, 25/15 e 25/22, neste sábado, em Rimini, na Itália. O duelo foi válido pela terceira rodada da segunda semana da Liga das Nações.

O Brasil entrou em quadra com o levantador Bruninho, os ponteiros Douglas e Lucarelli, os centrais Maurício Souza e Flávio, o oposto Alan e o líbero Maique. Após um início irregular, o time se ajustou e todos os atletas tiveram uma participação importante na quinta vitória da equipe em seis partidas disputadas na competição.

O primeiro set, a seleção comandou o placar até 16 a 12, quando teve a segunda parada técnica. A partir daí, o time se desconcentrou e os sérvios aproveitaram para abrir vantagem no placar. No segundo set, o bloqueio começou a funcionar, diminuindo o ímpeto da Sérvia. Com isso, o Brasil devolveu o mesmo resultado para igualar o jogo em 1 a 1.

Isac foi o destaque do terceiro set, ao lado de Douglas. O Brasil dominou totalmente e ficou à frente na partida. No quarto set, a Sérvia veio para o tudo ou nada, com destaque para Krsmanovic e abriu 8 a 5 e depois 14 a 11. Não foi um período fácil para a seleção brasileira. Mas com um saque perfeito, a equipe virou para 16 a 14 e contou com um final espetacular de Lucarelli para obter a vitória. O Brasil tem mostrado um jogo muito equilibrado, com pequenos erros e quase nenhuma falta de concentração.

O Brasil chegou aos 15 pontos e vai subir da terceira para a segunda posição na classificação. A Sérvia ficou com 11 pontos, em sexto lugar, mas segue com chances de disputar a fase final do torneio.

A seleção masculina volta a jogar nesta terceira semana de disputa na quarta-feira, quando terá pela frente a Holanda, a partir das 16h, con transmissão do SporTV. Na quinta, encara a Bulgária, às 13h, e, na sexta, fecha a rodada contra a Polônia, às 16h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.