Reprodução/CBV
Reprodução/CBV

Com Larissa/Talita, Brasil faz final na etapa da Polônia do vôlei de praia

Será a nova vez em 2017 que uma dupla brasileira decidirá um título da modalidade

Estadão Conteúdo

22 de julho de 2017 | 16h46

Mais uma vez nesta temporada o Brasil está em uma final de etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Pela nova vez em 2017, uma dupla brasileira decidirá um título. Neste domingo, a missão está com Larissa e Talita na cidade de Olsztyn, na Polônia. As duas venceram os seus dois duelos deste sábado, inclusive a semifinal totalmente nacional contra Agatha e Duda.

Larissa e Talita enfrentam na final as canadenses Sarah Pavan e Melissa Humana-Paredes neste domingo, às 8h35 (de Brasília). Será o segundo encontro entre os dois times, com as brasileiras tendo vencido na semifinal do Major Series de Gstaad, na Suíça. As duas equipes chegam invictas com cinco vitórias em cinco jogos na Polônia.

Na disputa pela medalha de bronze, Ágatha e Duda enfrentarão as norte-americanas Kerri Walsh, tricampeã olímpica e bronze nos Jogos do Rio-2016, e sua nova parceira Nicole Branagh. No único confronto entre os times, as brasileiras venceram nas oitavas de final do Major Series de Gstaad.

É a terceira final da temporada de Larissa e Talita, que conquistaram o ouro nas etapas de Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, e de Moscou, na Rússia. Elas também foram prata em Gstaad. As canadenses somam em 2017 um ouro, conquistado em Porec, na Croácia, e uma prata, no evento realizado no Rio de Janeiro.

Para chegar à decisão, Larissa e Talita começaram o dia eliminando as alemãs Chantal Laboureur e Julia Sude nas quartas de final com vitória por 2 sets a 0 (21/16 e 21/18). Na semifinal, levaram a melhor sobre as compatriotas Ágatha e Duda com vitória difícil, mas em sets diretos: 21/19 e 24/22. Ágatha e Duda haviam superado as checas Kristyna Kolocova e Michala Kvapilova nas quartas de final, com vitória por 2 a 0 (21/16 e 21/19).

Entre os homens, o Brasil se despediu da competição com a eliminação de Alison e Bruno Schmidt, os atuais campeões olímpicos, que foram superados por 2 sets a 0 (21/17 e 21/18) pelos russos Oleg Stoyanovskiy e Artem Yarzutkin nas oitavas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.