Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

Com pequena lesão muscular, Natália faz tratamento visando Pré-Olímpico de vôlei

Campeã olímpica deve estar recuperada para os próximos compromissos da seleção, entre os dias 1 e 3 de agosto

Redação, Estadão Conteúdo

10 de julho de 2019 | 12h50

Um dos destaques da seleção brasileira feminina de vôlei, a ponteira Natália pode respirar mais aliviada. Nesta quarta-feira, o departamento médico da Confederação Brasileira de Voleibol revelou que a jogadora tem uma pequena lesão muscular na panturrilha esquerda, sofrida durante a disputa do segundo set da final da Liga das Nações contra os Estados Unidos, no último domingo, em Nanquim, na China.

A contusão de Natália foi confirmada depois de exames médicos realizados na terça-feira em São Paulo, logo após o desembarque da delegação brasileira. A atacante segue na capital paulista com o tratamento fisioterapêutico iniciado na China, visando a disputa do Pré-Olímpico.

A campeã olímpica e as jogadoras que disputaram a fase final da Liga das Nações na China se reapresentarão ao técnico José Roberto Guimarães neste sábado no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

O próximo desafio das brasileiras na temporada será o Pré-Olímpico. A competição acontecerá entre os dias 1 e 3 de agosto, no ginásio Sabiázinho, em Uberlândia (MG). O time terá como adversários a República Dominicana, Azerbaijão e Camarões - apenas o vencedor garantirá vaga nos Jogos de Tóquio-2020, no Japão.

O Brasil terminou a Liga das Nações com a medalha de prata ao ser superado no último domingo pelos Estados Unidos em uma equilibrada decisão por 3 sets a 2. Além do bom resultado, três brasileiras entraram na seleção do campeonato. A levantadora Macris, a ponteira Gabi e a central Bia foram eleitas as melhores das suas posições.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.