Ivan Amorin/Divulgação CBV
Ivan Amorin/Divulgação CBV

Cruzeiro bate o Sesi e conquista a Copa Brasil de Vôlei

Time garante a participação no Campeonato Sul-Americano de Vôlei deste ano

Agência Estado

25 de janeiro de 2014 | 13h53

MARINGÁ - Atual campeão mundial, o Cruzeiro conquistou neste sábado o título da Copa Brasil Masculina de Vôlei em uma partida emocionante. Na decisão, disputada no Ginásio Chico Neto, em Maringá (PR), o time mineiro garantiu o título do torneio ao derrotar o Sesi (SP) por 3 sets a 2, com parciais de 21/17, 15/21, 16/21, 21/15 e 23/21.

"Essa partida reuniu as duas melhores equipes do Brasil. Foi uma partida digna de uma final. A energia do ginásio e entre os times foi maravilhosa. Hoje provamos que somos um grupo forte. Foi a vitória de uma equipe. O nosso grupo fez a diferença. Foi muito bom ter participado dessa competição. A final foi disputada em altíssimo nível", disse William, levantador e capitão do Cruzeiro.

A conquista do título da Copa Brasil garantiu ao Cruzeiro a participação no Campeonato Sul-Americano de Vôlei deste ano. O outro representante brasileiro no torneio será o Minas, que sediará a competição continental no seu ginásio, a Arena JK, em Belo Horizonte.

Na campanha do título da Copa Brasil, o Cruzeiro derrotou o São Bernardo (SP), nas quartas de final, por 3 sets a 0. E o placar se repetiu nas semifinais, dessa vez diante do Brasil Kirin, de Campinas (SP). Na decisão, porém, a equipe dirigida por Marcelo Mendez teve bem mais dificuldades.

O JOGO

No primeiro set, o Cruzeiro se aproveitou dos vários erros do Sesi para vencer por 21/17. A segunda parcial teve um começo equilibrado, mas depois o time paulista deslanchou, especialmente porque o time mineiro começou a errar demais. Assim, venceu por 21/15.

Com uma impressionante sequência de Lucão no saque, o Sesi abriu 10/4 no terceiro set. Depois, precisou apenas evitar a aproximação do Cruzeiro no placar para vencer por 21/16. Na quarta parcial, porém, foi o time mineiro quem sacou melhor, ganhando por 21/15, o que provocou a realização do tie-break.

No set decisivo, o Sesi chegou a fazer 12/9, mas permitiu o empate do Cruzeiro em 13/13. O final da parcial foi extremamente equilibrado e definido favoravelmente ao time mineiro, que venceu por 23/21, assegurando o título da Copa do Brasil.

Neste sábado, o Cruzeiro começou a partida com William, Wallace, Isac, Eder, Leal e Filipe, além do líbero Serginho. Depois, o técnico Marcelo Mendez promoveu as entradas de Lucas, PV, Douglas e Diaz.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiCopa BrasilCruzeiroSesiWilliam

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.