Divulgação
Divulgação

Cruzeiro e Minas estreiam no Sul-Americano de Clubes

Torneio que começa nesta quarta em Belo Horizonte garante ao campeão uma vaga no Mundial, em maio

O Estado de S. Paulo

19 de fevereiro de 2014 | 08h00

BELO HORIZONTE - Sada Cruzeiro e Vivo/Minas entram em quadra nesta quarta-feira, na Arena Vivo, em Belo Horizonte, para a primeira partida do Sul-Americano de Clubes, que será disputado até domingo. Os times brasileiros terão a companhia de mais seis equipes de Argentina, Peru, Bolívia e Chile na briga por uma vaga no Mundial, que será disputado no mês de maio em Betim (MG).

 

O Vivo/Minas garantiu a vaga por ser o anfitrião do torneio e é o atual vice-campeão continental - perdeu a final em 2013 para o argentino UPCN, que busca do bicampeonato. O primeiro adversário do time mineiro é o ADO, do Chile, às 19h30.

 

O Minas chega embalado ao Sul-Americano graças a uma boa sequência na Superliga, em que derrotou Sesi e Sada Cruzeiro, os líderes do campeonato, além do RJ Vôlei - a equipe é a quarta colocada e já está garantida nos playoffs. "A fase é boa, estamos em um momento bom na Superliga e isso é importante, vamos levar para dentro de quadra no Sul-Americano", disse o levantador e capitão Marcelinho.

 

O Sada Cruzeiro também está no Grupo B, assim como o Minas, na fase de classificação - o Grupo A tem Boca Juniors, Liga Nacional (Peru), UPCN e Universidad La Salle (Bolívia). O time celeste estreia no torneio continental contra o Nacional, do Uruguai, às 17 horas. Líder da Superliga, o time conquistou a vaga no Sul-Americano ao vencer a Copa Brasil (derrotou o Sesi, na final).

 

Como será o anfitrião do Mundial de Clubes, já tem garantida a vaga que permitirá a disputa do bicampeonato. Mas isso não diminui a vontade pelo título sul-americano, que já foi conquistado pela equipe em 2012. "Queremos ganhar, não vamos entrar mais ou menos", disse o oposto Wallace. "Vamos entrar em busca de mais um título. Independentemente de já estamos confirmados no Mundial, esse Sul-Americano é muito importante para o clube", continuou o técnico Marcelo Mendez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.