Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

Cruzeiro leva virada e perde para time polonês na estreia no Mundial de Vôlei

Asseco Resovia, do país-sede, vence por 3 sets a 2, com parciais de 23/25, 25/18, 25/23, 24/26 e 17/15

Estadão Conteúdo

26 de novembro de 2018 | 21h14

O Sada/Cruzeiro começou com derrota a sua participação no Mundial Masculino de Clubes, que está sendo realizado na Polônia. Em um duelo emocionante e válido pela primeira rodada do Grupo B, o time mineiro perdeu para o Asseco Resovia, do país-sede, por 3 sets a 2, com parciais de 23/25, 25/18, 25/23, 24/26 e 17/15, em Rzeszów.

No confronto desta segunda-feira, o Cruzeiro até teve um bom início, tanto que venceu a primeira parcial. Mas depois apresentou problemas na recepção, sofreu com o saque do adversário e acabou sendo batido nos dois sets seguintes, sofrendo a virada.

No quarto set, quando parecia com a derrota encaminhada, conseguiu reagir para forçar a realização do tie-break. Mas aí vacilou. Chegou a abrir vantagem de 14/11, mas permitiu a virada da equipe polonesa, que contou com 22 pontos do francês Thibault Rossard no triunfo, mesmo número de acertos de Evandro pelo Cruzeiro e um mais do que o norte-americano Taylor Sander da equipe mineira.

Derrotado, o Cruzeiro folga na terça-feira e voltará a jogar na quarta pelo Mundial. E seu adversário, às 14h30 (horário de Brasília), será o italiano Trentino, que nesta segunda derrotou o iraniano Khatam Ardakan por 3 sets a 0. Assim, o duelo tem caráter decisivo. Depois, na rodada final da chave, na quinta-feira terá pela frente a equipe do Irã.

Dominante nos últimos anos no vôlei nacional, o Cruzeiro se credenciou para a disputa do Mundial por ter sido campeão neste ano do Sul-Americano. O time já venceu o Mundial de Clubes em três oportunidades, tendo sido terceiro colocado do torneio na edição anterior, em 2017.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Cruzeiro Esporte Clubevôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.