Leo Fontes|O Tempo|Divulgação
Leo Fontes|O Tempo|Divulgação

Cruzeiro passa por time argentino e avança à final do Sul-Americano de Vôlei

Equipe brasileira se classifica ao superar o UPCN por 3 sets a 0

Estadao Conteudo

24 Fevereiro 2017 | 23h42

O Sada Cruzeiro está na decisão do Campeonato Sul-Americano de Clubes pelo quarto ano consecutivo. Nesta sexta-feira, a equipe se classificou à final ao superar o UPCN, da Argentina, por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/19 e 25/23. Seu adversário na decisão do torneio que está sendo disputado em Montes Claros será outro time argentino, o Bolívar.

Para avançar, o Cruzeiro contou com grandes atuações dos seus cubanos. Leal foi o maior pontuador da partida com 17 acertos, dois a mais do que Simon. Já quem liderou o UPCN foi Gustavão, autor de 15 pontos.

"Foi um jogo muito bom. Hoje cometemos alguns erros no princípio, mas acontece. Já conhecíamos o time deles, o modo como jogam e concentramos no nosso jogo. Estudamos muito bem o UPCN, marcamos bem no bloqueio, atacamos muito e isso deu resultado. Agora é descansar um pouco, pois amanhã vale o título e também vale a classificação para o Mundial", afirmou Leal.

Agora, na decisão deste sábado, agendada para 17h30, o Cruzeiro vai buscar o seu quarto título sul-americano - foi campeão em 2012, 2014 e 2016, além de ter perdido a final de 2015. O seu adversário será o argentino Bolívar, que frustrou a torcida local ao derrotar o Montes Claros por 3 sets a 2, com parciais de 28/26, 25/21, 23/25, 24/26 e 15/10.

Mais conteúdo sobre:
Sada Cruzeiro vôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.