Sada Cruzeiro
Sada Cruzeiro

Cruzeiro vence Minas no tie-break e abre vantagem na final da Superliga Masculina

Wallace se destaca em vitória celeste por 3 sets a 2; equipes voltam a se enfrentar no dia 1º de maio

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2022 | 00h26

Com grande atuação do oposto Wallace, o Cruzeiro derrotou o Minas, por 3 sets a 2, parciais de 26/24, 21/25, 15/25, 25/22 e 15/11, neste sábado á noite, em Betim, na primeira partida da final da Superliga Masculina de Vôlei. As equipes voltam a se enfrentar dia 1º de maio e uma nova vitória do time celeste encerra a competição. Caso necessário, um terceiro jogo será disputado em 8 de maio.

Minas começou melhor no primeiro set e chegou a abrir 9 a 6, mas os anfitriões foram buscar a igualdade em dez pontos. Wallace começou a desequilibrar a partida e ajudou o Cruzeiro a ter 20 a 18 no placar. Uma nova igualdade foi obtida em 23 pontos, mas o time da casa fechou em 26 a 24.

O Minas reagiu, ao vencer os dois sets seguintes. O segundo, mais uma vez bastante disputado, só foi decidido no final em 25 a 21. No terceiro, o Cruzeiro praticamente não entrou em quadra e foi facilmente superado por 25 a 15.

Com o apoio da torcida, o Cruzeiro foi buscar a igualdade em sets, com mais uma boa atuação de Wallave: 25 a 22. No tie-break, Wallace teve a ajuda de Lopez e o Cruzeiro abriu uma vantagem de três pontos, que serviu para controlar o placar até o final.

"A gente já sabia que ia ser desse jeito. A gente teve uns momentos em que a nossa linha de passe, acho que isso não aconteceu a temporada inteira, e no quarto set equilibramos de novo. Jogar fora daqui vai ser diferente, vamos fazer de tudo para fechar a série lá (no segundo jogo", disse Wallace.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.