Dante e Giba faturam prêmios individuais na Liga Mundial

Brasileiros levam os troféus de melhor atacante e melhor saque da competição, respectivamente

EFE

27 de julho de 2008 | 17h46

Apesar de ficar em quarto lugar na Liga Mundial de vôlei, o Brasil conseguiu ter dois jogadores entre os melhores do torneio. Na premiação realizada após a final em que os Estados Unidos bateram a Sérvia, o ponta Giba, capitão da seleção brasileira, ganhou o troféu de melhor saque. Veja também: Brasil perde para Rússia e fica fora do pódio na Liga "O saque é um fundamento em que o Brasil não costuma ser tão forte, mas que tem feito a diferença nos últimos anos. Agora temos que continuar trabalhando para manter este nível para que possa ajudar nas próximas competições", afirmou. Já o ponta Dante foi eleito o melhor atacante, enquanto o veterano americano Lloy Ball ficou com os prêmios de craque e melhor levantador. A equipe campeã emplacou também o melhor líbero, Richard Lambourne. "É ótimo ganhar um prêmio como este. Individualmente falando estou feliz porque estou realizando sonhos pessoais e ser eleito o melhor atacante de uma competição como esta é gratificante. Mas, pensando no meu grupo, estou triste porque preferia ter saído daqui com o título da competição", confessou Dante. Entre os outros fundamentos, o sérvio Marko Podrascanin foi o bloqueador mais eficiente e seu compatriota Ivan Miljkovic foi o melhor pontuador da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.