Nilton Fukuda-AE - 15/6/2011
Nilton Fukuda-AE - 15/6/2011

Dante e Gustavo reforçam seleção '100% recuperados'

Jogadores sofreram com as lesões durante a campanha brasileira na Liga Mundial

AE, Agência Estado

17 de agosto de 2011 | 14h19

SAQUAREMA - O ponteiro Dante e o central Gustavo sofreram com lesões e não conseguiram atuar pela seleção brasileira tanto quanto queriam na campanha do vice-campeonato da Liga Mundial. Agora, totalmente recuperados, os jogadores esperam ser mais efetivos e ajudar a equipe nesta segunda parte do ano, nas disputas do Campeonato Sul-Americano e da Copa do Mundo.

"Agora estou 100% recuperado. Este período de descanso que tivemos após a Liga Mundial foi muito bom para finalizar minha recuperação", afirmou Dante. "Está sendo muito bom treinar sem dores e poder desenvolver todas as atividades sem limitações", completou.

O ponteiro sofreu com uma inflamação no joelho direito, que fez com que ele jogasse apenas nove das 17 partidas do Brasil na Liga Mundial. Mesmo assim, em algumas delas, o jogador teve que atuar no sacrifício.

Já Gustavo, de 35 anos, teve participação ainda mais curta na competição. Depois de três anos sem defender o país, ele voltou a ser convocado e, após quatro partidas, acabou fraturando um osso do pé esquerdo e perdendo o restante do torneio.

"Volto ainda mais motivado depois do que aconteceu. Fiquei ansioso até sair a lista para o Sul-Americano, pois queria muito estar aqui. Estou dando o meu melhor, como sempre, e vamos ver o que acontece até o Sul-Americano. Estou muito certo do meu desejo de voltar", declarou o veterano central.

Recuperados, os dois integram a delegação brasileira que está treinando em Saquarema, no Rio de Janeiro, e não escondem a ansiedade para voltar a atuar pela seleção. "Temos duas competições importantes: o Sul-Americano, que nos leva à Copa do Mundo, e a Copa do Mundo, que nos leva aos Jogos Olímpicos. Queremos garantir logo nossa vaga em Londres e vamos precisar de todo grupo bem para isso", disse Dante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.