Dante mostra confiança na recuperação na Liga Mundial

Jogador mais experiente da seleção brasileira masculina de vôlei - é o último remanescente do grupo que foi campeão olímpico nos Jogos de Atenas em 2004 -, o ponteiro Dante tem um papel importante agora, após a derrota para a Rússia na estreia na fase final da Liga Mundial. Ele tenta passar confiança e tranquilidade aos companheiros para conseguir a recuperação nesta sexta-feira, diante do Canadá, em Mar del Plata (Argentina), e poder avançar para a semifinal da competição.

AE, Agência Estado

18 de julho de 2013 | 20h53

"Já passei por isso mais de uma vez. Me lembro de 2006, quando tomamos um 3 a 0 da Bulgária no primeiro jogo da fase final, em Moscou, e saímos de lá com o título. Essa é apenas mais uma prova de que o resultado do jogo de ontem (quarta-feira, contra a Rússia) não interfere nem diminui a nossa vontade de buscar mais um campeonato para o Brasil", disse Dante. "Não temos que lamentar muito essa derrota, porque fase final é assim. Ganhando ou perdendo, já tem que pensar no próximo jogo."

Agora, o Brasil depende apenas de uma vitória sobre o Canadá nesta sexta-feira para avançar para a semifinal. "Temos que ter postura de jogar uma final. Essa vai ser a primeira final que vamos jogar daqui para frente. É tudo ou nada. É vencer e seguir adiante ou perder e voltar para casa. Como ninguém aqui cogita a segunda possibilidade, todas as nossas forças estão unidas na busca pelo mesmo objetivo: vencer e seguir adiante", avisou Dante.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiLiga MundialDante

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.