De cara nova, Brasil estreia com vitória na Liga Mundial

A seleção brasileira masculina de vôlei superou o peso da estreia e, mesmo com uma equipe renovada, começou com vitória o caminho rumo ao oitavo título da Liga Mundial. Neste sábado, os comandados de Bernardinho derrotaram a Polônia por 3 sets a 1, com parciais de 23/25, 25/18, 25/20 e 25/19, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

AE, Agencia Estado

13 de junho de 2009 | 12h36

Com apenas três jogadores da campanha que levou à medalha de prata em Pequim, a equipe começou o primeiro set nervosa e cometeu muitos erros - cedeu oito pontos aos poloneses. A parcial acabou com vitória dos europeus por 25 a 23.

"Começamos o jogo com muita tensão e enfrentamos o bloqueio deles de uma forma exagerada, o que não é uma característica nossa. Mas muitos estavam jogando pela primeira vez, então é normal esse nervosismo", disse Bernardinho.

No segundo set, a equipe passou a jogar melhor. Mais seguros, novatos como os meios-de-rede Eder e Lucão, o oposto Rivaldo e o ponteiro João Paulo passaram a aparecer bem. Assim, a equipe fechou em 25 a 18, sem enfrentar grandes problemas.

A boa performance continuou no terceiro set, e o Brasil teve início arrasador. Logo de cara, a equipe abriu 6 a 0, com grande participação do bloqueio; depois, chegou ao placar de 9 a 1. Os poloneses ainda tentaram reagir e até reduziram a desvantagem para cinco pontos, mas a seleção brasileira soube administrar a vantagem para fechar com 25 a 20.

O quarto set foi marcado pelo bom aproveitamento no saque, que levou a seleção a abrir boa vantagem. Então, mais uma vez só foi preciso administrar e trocar ataques com os poloneses para fechar em 25 a 19.

"Foi bom termos vencido essa primeira partida. Tiramos o peso da estreia e ainda pudemos ver alguns problemas que vamos trabalhar para corrigir", afirmou Bernardinho. O Brasil volta a enfrentar a Polônia às 10 horas de domingo, mais uma vez no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

As duas seleções estão no Grupo D, ao lado de Venezuela e Finlândia. Na primeira partida, os venezuelanos venceram os finlandeses por 3 a 0, e por isso lideram a chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.