Divulgação
Divulgação

De virada, seleção brasileira de vôlei bate Canadá em amistoso

Brasil ganha por 3 sets a 1, parciais de 23/25, 25/19, 25/16 e 25/19

Estadão Conteúdo

02 de setembro de 2015 | 09h09

Em preparação para o Campeonato Sul-Americano, a seleção brasileira masculina de vôlei segue realizando amistosos fora do País. E, no final da noite de terça-feira, a equipe não encontrou muitas dificuldades para superar o Canadá por 3 sets a 1, com parciais de 23/25, 25/19, 25/16 e 25/19.

Após ser surpreendido no primeiro set da partida, realizada no Saville Community Sports Centre, em Edmonton, no Canadá, a seleção dirigida por Bernardinho se impôs nas parciais seguintes e garantiu a vitória no primeiro amistoso contra a equipe da casa.

Bernardinho optou por iniciar a partida com o levantador Bruninho, o oposto Renan, os ponteiros Lucarelli e Maurício, os centrais Otávio e Isac, além do líbero Serginho, como titulares, mas depois promoveu várias mudanças na equipe para testar os seus jogadores.

As seleções de Brasil e Canadá voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, a partir das 22 horas (de Brasília). Os canadenses usam essa série de confrontos como preparação final para a Copa do Mundo, que será disputada a partir da próxima terça, no Japão.

O Brasil foi impedido de participar da competição pela Federação Internacional de Voleibol por já ter vaga assegurada nos Jogos Olímpicos do Rio. Assim, vem realizando amistosos como preparação para o Sul-Americano, que vai ser disputado em Maceió, entre os dias 29 de setembro e 4 de outubro.

Anteriormente, a equipe havia encarado os Estados Unidos em quatro amistosos, com três vitórias e uma derrota. Em 2015, o Brasil avançou à fase final da Liga Mundial, mas acabou sendo eliminado logo na primeira etapa, no Maracanãzinho. Já no Pan de Toronto, com um time formado basicamente por reservas e dirigido pelo auxiliar técnico Rubinho, levou a medalha de prata.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiseleção brasileira de vôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.