Michael Dantas/Inovafoto/CBV
Michael Dantas/Inovafoto/CBV

De virada, seleção masculina de vôlei supera Holanda em amistoso

Equipe do técnico Renan Dal Zotto vence segundo encontro por 3 sets a 1, com parciais de 23/25, 25/17, 25/23 e 25/19

O Estado de S.Paulo

20 Agosto 2018 | 23h42

A seleção brasileira masculina de vôlei precisou de uma virada para triunfar nesta segunda-feira em Manaus. Em amistoso que atraiu 4.311 torcedores ao Ginásio Amadeu Teixeira, a equipe dirigida por Renan Dal Zotto derrotou a Holanda por 3 sets a 1, com parciais de 23/25, 25/17, 25/23 e 25/19.

Esse foi o segundo de uma série de três amistosos do Brasil contra a Holanda, sendo que no primeiro, no sábado, a seleção havia vencido por 3 a 0. O terceiro desses confrontos está marcado para quarta-feira, às 19 horas, em Belém.

Esses amistosos servem como preparação para o Brasil visando o Mundial de Vôlei, que será disputado entre 9 e 30 de setembro, na Bulgária e na Itália. E a estreia da seleção está agendada para o dia 12, contra o Egito. A própria Holanda, a França, o Canadá e a China serão os outros adversários na fase de grupos.

O técnico Renan Dal Zotto escalou Bruninho, Lucas Loh, Wallace, Thales, Maurício Souza, Kadu e Lucão como titulares. Mas ele praticamente não aproveitou Lipe, que está com uma tendinite, só o utilizando para sacar em um momento do primeiro set da partida. E o treinador aproveitou para rodar bastante o elenco, visando a disputa do Mundial.

A parcial inicial acabou ficando marcada pela forte oscilação do Brasil, tanto que a equipe não conseguiu sustentar a liderança no placar mesmo após anotar seis pontos seguidos, no serviço de Lucão. Só que cometeu erros nos momentos de definição e perdeu por 25/23.

No segundo set, porém, o Brasil se recuperou e logo deslanchou no placar, apoiado pelo seu bom desempenho no bloqueio e também se aproveitando dos erros dos holandeses, que chegaram a discutir com a arbitragem. Assim, a seleção fechou a parcial em 25/17 com um ponto de ataque de Lucão.

O Brasil voltou a oscilar no terceiro set do amistoso. Desconcentrado, começou mal a parcial, com erros na recepção, e viu a Holanda abrir 8 a 5. O time só foi reagir na segunda metade do set, quando virou o placar para 16 a 15. Para isso, contou com grande atuação de Lucão, que fez cinco pontos na parcial, fechada por 25 a 23 após erro de Van Garderen em ataque.

O quarto set teve um começo bastante equilibrado. Mas com boas atuações de Maurício Souza e Wallace, a seleção foi abrindo vantagem no placar até abrir confortáveis 21/16. A Holanda esboçou uma reação ao marcar três pontos consecutivos, mas o Brasil voltou a ser impor para triunfar por 25/19, em ponto de bloqueio de Kadu, assegurando o seu triunfo por 3 a 1 sobre a Holanda.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.