CBV
CBV

De volta à seleção, Fernanda Garay exibe otimismo para estreia no Mundial

Campeã olímpica em 2012, jogadora não joga pela seleção brasileira desde os Jogos do Rio

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2018 | 19h29

Medalhista de ouro com o Brasil na Olimpíada de Londres, em 2012, Fernanda Garay está de volta à seleção feminina de vôlei. Em julho, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) anunciou a convocação da campeã olímpica, que não jogava pelo time verde e amarelo desde os Jogos do Rio, em 2016.

Feliz em participar novamente de uma grande competição pelo país e quem sabe conseguir um título inédito, a atleta revelou que reforçou os treinamentos nestes quase dois meses e mostrou otimismo para a estreia das brasileiras no Mundial no Japão, que terá início na madrugada do próximo sábado, à 1h40 (de Brasília), contra Porto Rico.

"Acredito que a aclimatação em Sagamihara, no Japão, foi muito importante. Além de nos adaptarmos ao fuso horário, fizemos bons treinamentos que foram fundamentais para essa reta final de preparação. Eu, que particularmente tive pouco tempo de preparação, vejo que a cada treino estou evoluindo e isso é muito importante", explicou Garay.

A atleta também destacou o time de Porto Rico e falou da expectativa para o duelo na estreia das brasileiras no Mundial. "A equipe de Porto Rico tem muitas qualidades e é fundamental entrarmos em quadra com seriedade. Por ser o jogo de estreia e ter um pouco mais de nervosismo e ansiedade, vamos precisar estar muito focadas no nosso jogo para começarmos a competição com o pé direito", afirmou.

A seleção brasileira está no Grupo B do Mundial Feminino de Vôlei, ao lado de Sérvia, República Dominicana, Porto Rico, Casaquistão e Quênia. As equipes se enfrentarão dentro da própria chave e as quatro mais bem classificadas passarão à segunda fase da competição.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.