Destaque da Superliga é flagrado no exame antidoping

O oposto Bob, do Santander/São Bernardo, terceiro maior pontuador da última Superliga masculina, com 406 acertos, recebeu nesta terça-feira uma suspensão preventiva de 30 dias do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O atleta foi flagrado em um exame antidoping, que deu positivo para o uso da substância delta-9-tetraidrocanabinol, presente na maconha.

AE, Agencia Estado

28 de abril de 2009 | 21h22

De acordo com a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), o exame foi realizado no dia 20 de março, quando o São Bernardo recebeu o Unisul/Joinville, no primeiro jogo da série melhor-de-três das quartas-de-final da competição. O time do ABC paulista ganhou aquele confronto e depois passou pelo adversário, sendo eliminado pelo campeão Cimed/Brasil Telecom, de Florianópolis, na semifinal.

Como o clube e o atleta optaram por não pedir a contraprova, Bob terá agora que aguardar o julgamento no STJD, que ainda não tem data prevista. Ele deve ser enquadrado no artigo 244 (ser flagrado dopado dentro ou fora da partida) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), com punição prevista de 120 a 360 dias.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiSão BernardoBobdoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.