Duplas brasileiras fazem semifinal verde e amarela na Áustria

O vôlei de praia brasileiro já garantiu 100% de participação em finais na atual temporada do circuito mundial. No domingo, de manhã, Márcio e Fábio Luiz e Ricardo e Emanuel decidem quem estará à tarde na decisão do Grand Slam da Áustria, 11.ª etapa do ano. A outra semifinal na quadra central da arena do Lago Wörtensee, em Klagenfurt (Áustria), será disputada entre os argentinos Conde e Baracetti e os norte-americanos Rogers e Dalhaussers. Márcio e Fábio Luiz passaram, neste sábado, venceram os dois jogos pela diferença mínima de pontos. Inicialmente, nas oitavas, ganharam dos austríacos Stefan Kobel e Patrick Heuscher por duplo 21/19; mais tarde, pelas quartas, venceram os chineses Penggen Xu e Linyin Xu por 2 a 1 (23/21, 19/21 e 15/13). Campeões mundiais na Alemanha no ano passado, o cearense Márcio e o capixaba Fábio Luiz dependem agora novo resultado positivo na semi contra Ricardo e Emanuel - que já está sendo apontada como final antecipada - para chegar à sétima decisão consecutiva na temporada. Atuais segundo colocados na classificação geral, Márcio e Fábio Luiz venceram os últimos três torneios desta temporada: em Montreal (Canadá), São Petersburgo (Rússia) e Paris (França). Ricardo e Emanuel enfrentaram duas duplas dos Estados Unidos. Pela manhã, superaram Wong e Scott por duplo 21/19; no início da noite, de virada, eliminaram Stein Metzger e Mike Lambert por 2 a 1 (17/21, 21/17 e 15/8). O resultado do confronto entre brasileiros pode ter grande influência na classificação do campeonato e da luta pela única vaga aos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro em 2007, já que a diferença entre os líderes Ricardo e Emanuel e Márcio e Fábio Luiz é de somente 300 pontos.FemininoNa decisão da chave feminina, Juliana e Larissa pararam nas chinesas Wang Jie e Tian Jia, que ganharam em três sets - 20/22, 21/16 e 15/11. As brasileiras, no entanto, conservaram a liderança do ranking mundial ainda com larga vantagem. O bronze ficou com as alemãs Pohl e Rau, que marcaram 2 a 0 (21/19 e 21/15) nas gregas Karadassiou e Arvaniti.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.