Divulgação/CBV
Divulgação/CBV

Duplas do Brasil disputam final do vôlei de praia masculino

Etapa de Brasília, primeira de 2009, será decidida neste domingo entre Alison e Harley e Ricardo e Emanuel

Agência Estado,

25 de abril de 2009 | 18h37

O Brasil já garantiu a medalha de ouro na primeira etapa masculina do Circuito Mundial de vôlei de praia, em Brasília. Neste sábado, as duplas Alison e Harley e Ricardo e Emanuel venceram os seus jogos nas semifinais e se classificaram para a decisão, assegurando mais um ouro para o País, que venceu o torneio feminino com Juliana e Larissa.

Veja também:

linkJuliana e Larissa vencem e ficam com título em Brasília

No primeiro jogo, Alison e Harley bateram os campeões olímpicos e mundiais Todd Rogers e Phil Dalhausser, dos Estados Unidos, por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 13/21, 21/19 e 15/11. Será a primeira final da dupla no Circuito.

"Estamos entrando para jogar nosso melhor voleibol em todas as partidas. Quando isso acontece, temos grandes chances de sair com um bom resultado", avisou Harley. "Este resultado mostra que o Brasil tem o melhor vôlei de praia do mundo. Enquanto os outros países têm cada uma dupla capaz de vencer as etapas, temos quatro ou cinco em condições de lutar pelo título", destacou.

Na decisão, Alison e Harley vão encarar os campeões olímpicos dos Jogos de Atenas (2004) e pentacampeões do Circuito Mundial Ricardo e Emanuel. Eles superaram os vice-campeões olímpicos em Pequim Márcio e Fábio Luiz por 2 sets a 1, com parciais de 17/21, 21/18 e 15/12.

"Ter uma final 100% brasileira na primeira etapa da temporada mostra que nossas duplas começaram o ano dispostas a manter a hegemonia que construímos ao longo de todos estes anos de Circuito Mundial", comentou Emanuel.

A final será realizada neste domingo, às 11 horas. Antes será disputada a medalha de bronze entre Márcio e Fábio Luiz e Rogers e Dalhausser, dos Estados Unidos. As duplas vão reeditar a decisão olímpica dos Jogos de Pequim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.