FIVB/Divulgação
FIVB/Divulgação

Duplas masculinas vencem e avançam em etapa da Suíça do vôlei de praia

Evandro/Bruno Schmidt e Alison/Álvaro Filho já estão nas oitavas de final

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de julho de 2019 | 16h50

Após uma campanha decepcionante no Mundial realizado em Hamburgo, na Alemanha, o vôlei de praia do Brasil conseguiu nesta quarta-feira bons resultados na etapa de Gstaad, na Suíça, de nível cinco estrelas, da temporada de 2019 do Circuito Mundial. No masculino, Evandro/Bruno Schmidt e Alison/Álvaro Filho já avançaram às oitavas de final, enquanto que André/George caiu para a repescagem. No feminino, das cinco parcerias participantes, três ganharam na estreia.

Alison e Álvaro Filho tiveram dois jogos duros e saíram em primeiro de seu grupo. Eles estrearam superando os poloneses Losiak e Kantor por 2 sets a 1 (21/18, 19/21 e 15/9). Horas depois, valendo a liderança da chave, levaram a melhor sobre os russos Krasilnikov/Stoyanovskiy, que foram campeões do Mundial, por 2 a 1 (14/21, 22/20 e 15/12). O adversário das oitavas de final será definido nesta quinta-feira, após final da fase de grupos e dos jogos da repescagem.

A disputa no masculino contou com dois times do Brasil na mesma chave, disputando a primeira posição do Grupo F. Evandro e Bruno Schmidt venceram os chineses Peng Gao e Yang Li por 2 sets a 0 (21/15 e 21/12) e André/George começou o dia superando os letões Samoilovs e Smedins por 2 a 0 (21/15 e 22/20). Com isso, os dois times brasileiros foram para a disputa da vaga às oitavas e Evandro/Bruno Schmidt levou a melhor por 2 a 0 (21/17 e 21/19).

Já Guto e Saymon acabaram superados na estreia do Grupo G para os espanhóis Herrera e Gavira por 2 sets a 0 (21/17 e 21/18). Por terem perdido o primeiro jogo, eles voltam à quadra somente nesta quinta-feira, quando terão que vencer os italianos Rossi e Carambula para avançar à repescagem do torneio na Suíça.

FEMININO 

Entre as mulheres, as duplas brasileiras começaram com três vitórias em cinco jogos nesta quarta-feira. As vencedoras foram Ágatha/Duda, Ana Patrícia/Rebecca e Carol Solberg/Maria Elisa. Fernanda Berti/Bárbara Seixas e Talita/Taiana foram superadas na estreia, mas seguem com chances de avançar.

Brasileiras mais bem colocadas no ranking de entradas, Ana Patrícia e Rebecca venceram de virada as alemãs Laura Ludwig e Kozuch por 2 sets a 1 (17/21, 21/12 e 15/7). A disputa do primeiro lugar do Grupo E será contra as também alemãs Ittlinger/Laboureur.

Ágatha e Duda começaram o dia superando as austríacas Plesiutschnig e Schutzenhofer por 2 sets a 0 (22/20 e 21/9). Elas decidem a primeira posição do Grupo F contra as norte-americanas Larsen e Stockman. Carol Solberg e Maria Elisa, que vieram do qualifying, venceram as eslovacas Dubovcova/Strbova na estreia do Grupo B, com parciais de 21/19 e 21/19. O duelo contra as canadenses Sarah Pavan e Melissa Humana-Paredes, campeãs do Mundial, define a primeira posição da chave.

Fernanda Berti e Bárbara Seixas iniciaram o torneio suíço sendo superadas pelas letãs Graudina e Kravcenoka por 2 sets a 0 (21/19 e 21/19). Elas entram em quadra novamente nesta quinta-feira pelo Grupo G e precisam vencer as chinesas Chen Xue e Xinxin Wang para irem à repescagem.

Talita e Taiana também tiveram revés no primeiro jogo da fase de grupos em Gstaad. Elas foram superadas pelas canadenses Bansley e Wilkerson por 2 sets a 1 (21/14, 18/21 e 15/7). Para terminarem em terceiro no Grupo H, as brasileiras precisam superar as finlandesas Lahti e Parkkinen nesta quinta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
vôlei de praia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.