Elisângela ainda aposta no Brasil Telecom na Superliga

Com 3214 pontos, a ponta Elisângela, do Brasil Telecom (SC), se tornou a maior pontuadora da história da Superliga feminina de vôlei. Medalhista de bronze nos Jogos de Sydney (2000) e bicampeã nacional, ela acredita que o time catarinense pode surpreender na fase final do torneio."Temos todas as condições de estar entre as quatro melhores e quem sabe chegaremos na melhor forma nas partidas da semifinal", declarou. No entanto, Elisângela reconhece que, apesar de estar em terceiro lugar na classificação geral da Superliga, a equipe tem cometido muitos erros."Tivemos grandes chances de superar times considerados favoritos, mas nos momentos decisivos não fomos felizes. Precisamos nos concentrar mais nessas situações", destacou.Ela ainda se disse contente por ter atingido recentemente a marca de maior pontuadora da história da Superliga. "Acho muito bacana. É sempre bom ver seu no me marcado na história. Fico feliz com esta conquista, mas não posso me descuidar, pois há ótimas jogadoras chegando perto", assinalou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.