Marco Bertorello/AFP
Marco Bertorello/AFP

Estados Unidos batem Rússia e garantem Brasil nas semifinais do Mundial de Vôlei

Brasileiros e norte-americanos decidem nesta sexta-feira quem termina na liderança do Grupo I

Estadão Conteúdo

27 Setembro 2018 | 13h58

A seleção brasileira masculina de vôlei nem precisou entrar em quadra nesta quinta-feira para garantir vaga nas semifinais do Campeonato Mundial. A equipe foi beneficiada pelo triunfo dos Estados Unidos sobre a Rússia por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/23 e 25/23.

Com o resultado, os Estados Unidos chegaram a três pontos na liderança do Grupo I, enquanto o Brasil permaneceu com dois, em segundo, e os russos caíram para terceiro, com apenas um. Como a Rússia já encerrou sua participação nesta terceira fase do torneio, não tem como somar mais pontos.

Por isso, tanto brasileiros quanto norte-americanos já se garantiram nas semifinais. Nesta sexta-feira, ao meio-dia (horário de Brasília), as duas equipes se enfrentam para definir quem passará como líder da chave e pegará o segundo colocado do Grupo J na luta por uma vaga na final.

A seleção brasileira vem bastante embalada na competição e não perde desde a primeira fase do torneio, quando caiu para a Holanda no que foi, aliás, sua única derrota na competição. No total, são oito triunfos, desempenho que só é inferior justamente ao dos Estados Unidos, que venceram todas as nove partidas que fizeram no Mundial.

O Brasil segue em busca do tetracampeonato mundial - venceu em 2002, 2006 e 2010 -, enquanto os Estados Unidos buscam apenas a segunda conquista - a outra foi em 1986. No Grupo J, a liderança no momento é da Sérvia, com três pontos, que venceu na primeira partida da chave a Itália. Ainda nesta quinta, os sérvios encaram a Polônia podendo garantir a classificação. Na sexta, o duelo será entre italianos e poloneses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.