Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

Estados Unidos derrotam a Sérvia e conquistam o bronze no Mundial de Vôlei

Norte-americanos vencem de virada em quatro sets e terminam com o bronze pela segunda vez na história

Estadão Conteúdo

30 de setembro de 2018 | 15h30

Em partida que valeu a terceira colocação do Mundial Masculino de Vôlei, neste domingo, os Estados Unidos venceram a Sérvia, em Turim, na Itália. Os norte-americanos sofreram um pouco, mas ganharam por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 23/25, 25/17, 32/30 e 25/19, e levaram o bronze para casa.

Essa é a segunda vez que os EUA terminar a competição em terceiro lugar. A outra foi em 1994, na Grécia. O país têm um título mundial, obtido em 1986, na França. Matthew Anderson foi o craque do time do técnico John Speraw para conquistar o bronze.

O oposto da seleção norte-americana foi decisivo e brilhou ao fazer nada menos do que 29 pontos, sendo 11 deles no disputadíssimo terceiro set nos quais as duas equipes somaram um total de 62 pontos.

A equipe dos EUA também exibiu força no saque ao conseguir 11 aces. Quatro destes pontos no serviço foram de Anderson, enquanto Max Holt se destacou ainda mais neste fundamento ao contabilizar outros cinco.

No último sábado, os Estados Unidos foram derrotados pela Polônia por 3 sets a 2 na semifinal. Com isso, os poloneses encaram na grande decisão do torneio, às 16h15 (de Brasília) deste domingo, o Brasil, que na outra semifinal superou a Sérvia por 3 a 0. O duelo marcará a reedição da final de 2014, em que a Polônia derrotou a seleção, por 3 sets a 1. Antes disso, porém, os brasileiros bateram os poloneses na decisão do Mundial de 2006, por 3 sets a 0.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.