Evandro, Sheilla e Fê Garay chegam ao Brasil para reforçar seleções de vôlei

As seleções brasileiras masculina e feminina de vôlei estão mais fortes esta semana. O técnico José Roberto Guimarães recebeu o reforço da oposta Sheilla e da ponteira Fernanda Garay, ambas atletas de clubes europeus - respectivamente o Vakifbank, da Turquia, e o Dínamo de Moscou, da Rússia. Já Bernardinho agora conta com o oposto Evandro, do Suntory Sunbirds.

Estadão Conteúdo

12 de maio de 2016 | 17h16

"O título russo fechou com chave de ouro uma excelente temporada. Esses três anos que passei na Europa foram muito importantes como bagagem. Estou mais madura e trouxe isso para a seleção. Foi muito bom completar meu aniversário com toda a equipe. Somos uma família e precisamos dessa união para conseguir o resultado que almejamos no Rio", comentou Fê Garay, que está com a seleção em Saquarema (RJ) desde a última segunda-feira.

Na equipe feminina, a única atleta convocada pelo técnico Zé Roberto Guimarães que ainda não se apresentou no CT do vôlei é levantadora Fabíola. Ela está grávida e faz treinos leves em Brasília. A jogadora depende de um parto normal para tentar voltar a tempo de jogar a Olimpíada.

MAIS UM - Na seleção masculina Evandro, chegou na segunda e já se sente adaptado. "O nível aqui é sempre muito bom. Só temos jogadores muito qualificados e eu que tive que buscar esse nível, já que aqui temos jogadores mais altos, mais fortes e tecnicamente melhores do que no Japão. A readaptação tem que ser minha, mas isso é um trabalho fácil, rápido e hoje (quinta) já estou mais habituado do que segunda-feira, quando cheguei", explicou Evandro.

No fim de semana passado, Lucão e Bruninho conquistaram o título italiano pelo Modena. Os dois são os únicos atletas do grupo convocado por Bernardinho que ainda não se apresentaram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.