Divulgação-FIVB
Divulgação-FIVB

Evandro e Bruno Schmidt conquistam título em Varsóvia e lideram corrida olímpica

Dupla brasileira passa por noruegueses por 2 sets a 1, com parciais de 11/21, 21/17 e 15/12

Redação, Estadão Conteúdo

16 de junho de 2019 | 17h14

Evandro e Bruno Schmidt conquistaram neste domingo o título da etapa de Varsóvia do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, evento quatro estrelas disputado na Polônia. Na decisão, os brasileiros derrotaram os noruegueses Mol e Sorum por 2 sets a 1, com parciais de 11/21, 21/17 e 15/12, em 52 minutos.

"Começamos a partida muito abaixo do que podemos apresentar, em um ritmo que não é o nosso. Estava errando muitos levantamentos, o Bruno com dificuldades no ataque por conta disso, tanto que foi um placar dilatado. No segundo set, nos encontramos, conseguimos colocar o nosso jogo, o que fazemos de melhor, Bruno defendeu bolas importantes e nos conectamos com a partida. No tie-break, sacamos muito bem e isso fez a diferença. Bruno conseguiu ter uma leitura boa dos ataques, abrimos uma vantagem e mantivemos até o final", analisou Evandro, destacando a reação da dupla para conquistar o título de virada.

O tíulo é o primeiro de uma etapa do Circuito Mundial de Evandro e Bruno, que iniciaram a dupla em fevereiro. Em maio, eles haviam sido prata na etapa de Jinjiang, na China, perdendo na decisão exatamente para a parceria norueguesa, que vinha invicta há 23 jogos, com a conquista de três títulos seguidos.

"Fico feliz de sair com esse primeiro ouro da nossa dupla no Circuito Mundial, depois de termos chegado perto e perdido para eles lá na China, na final. Mas sabemos que temos muita coisa para evoluir como time, detalhes para ajustar. Não estamos querendo parar ninguém, estamos encontrando nossa cara, querendo jogar nosso voleibol e atuar melhor a cada torneio. Um passo de cada vez, fazendo as coisas de maneira simples e humilde", acrescentou Evandro.

Definida com seis triunfos em seis jogos, a conquista deixa Evandro e Bruno na liderança da corrida olímpica brasileira, com 3.040 pontos. Em segundo, empatados com com 2.080 pontos, estão Pedro Solberg/Vitor Felipe e Alison/Álvaro Filho (ES/PB). André Stein/George está em quarto, com 1.840, e Guto/Saymon soma 960 pontos.

O quinto triunfo dos brasileiros em Varsóvia também foi neste domingo, pelas semifinais, em que eles derrotaram os russos Semenov e Leshukov por 2 sets a 0, com parciais de 21/11 e 21/18, em 34 minutos.

O próximo desafio das duplas brasileiras será a partir do dia 28, com a disputa do Mundial em Hamburgo, com a presença de oito parcerias, sendo quatro em cada naipe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.