Divulgação
Divulgação

Finalistas da Copa Brasil de Vôlei serão definidos nesta quinta

Sada Cruzeiro enfrenta o Brasil Kirin e o Sesi, líder da Superliga, duela com o Canoas em Maringá

O Estado de S. Paulo

23 de janeiro de 2014 | 05h21

MARINGÁ - Após o Molico/Osasco se sagrar campeão da Copa Brasil de Vôlei entre os times femininos, a versão masculina da competição conhecerá nesta quinta-feira seus finalistas. Dois jogos semifinais serão disputados na sequência, em Maringá, sede da competição que voltou a ser disputada este ano e dá ao vencedor a vaga no Campeonato sul-americano.

 

Atual campeão sul-americano e mundial, o Sada Cruzeiro enfrenta o Brasil Kirin, de Campinas, às 18h30. Na sequência, o Sesi duela com o Kappesberg/Canoas, a partir das 21 horas. As duas partidas serão transmitidas pelo SporTV.

 

O oposto Wallace se preocupa com o rival, de quem o time cruzeirense perdeu por 3 sets a 2 no primeiro turno da Superliga. "Sabemos que não vai ser fácil. Temos que estar atentos para não cometer os mesmos erros da Superliga, quando perdemos. Não podemos nos preocupar apenas com um ou outro jogador."

 

Apesar de ter já ter conseguido derrotar o Sada Cruzeiro, o líbero Alan afirma que a equipe mineira, atualmente, é a melhor do Brasil. "Vamos enfrentar o campeão mundial, que deve ser respeitado. Temos que jogar sem errar para tentar vencer. Nosso grupo está coeso, apesar de alguns desfalques, como o João Paulo Bravo, que faz muita falta."

 

No segundo jogo da noite, haverá um duelo fraternal - literalmente. A família Endres estará representada por Gustavo, que atua em Canoas, e Murilo, que joga no Sesi. A equipe paulista é líder da Superliga Masculina e tem um elenco que forma a base da seleção brasileira, como Sidão e Lucão, além do jovem Lucarelli.

 

"Temos a certeza de que enfrentaremos uma grande equipe", disse Lucarelli. "Acabamos de jogar contra eles na Superliga, ganhamos por 3 sets a 1, e a partida só comprovou a dificuldade que teremos na Copa Brasil", garantiu o ponteiro.

 

Já Gustavo demonstra otimismo. "Esse vai ser um jogo que vale a temporada para o nosso time. Poder disputar a semifinal da Copa Brasil é um orgulho muito grande para nós. O Sesi tem o ataque e o bloqueio muito fortes, temos que ter paciência na rodada de bola e disposição na defesa."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.