Finasa aposta no bloqueio para vencer a Superliga 2008/2009

Time de Osasco possui duas jogadoras que se destacam neste fundamento: aos meios-de-rede Thaísa e Adenízia

Redação,

29 de dezembro de 2008 | 16h06

O Finasa/Osasco (SP) não conseguiu triunfar nos dois primeiros turnos da Superliga feminina de vôlei 2008/2009. No entanto, descobriu qual pode ser seu principal trunfo para acabar com a hegemonia do Rexona/Ades (RJ) e conquistar a competição: o bloqueio.Hoje, a equipe possui duas jogadoras com excelente aproveitamento neste fundamento. As meios-de-rede Thaisa, jogadora mais alta do voleibol nacional, com 1,96 m, e Adenízia, que na temporada passada foi a melhor bloqueadora, com 123 pontos, segundo as estatísticas da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV)."Procuro explorar ao máximo minha estatura, mas também me preocupo com a minha velocidade que precisa melhorar", comenta Thaisa, que ajudou a seleção brasileira a conquistar a inédita medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim. Já Adenízia diz que usa como exemplo atletas consagradas. "Me espelhei muito em grandes jogadoras que passaram pelo Finasa. Agora, pretendo colocar em prática tudo o que tenho aprendido nesses anos", assinalou.Na Superliga o Finasa tem o segundo melhor bloqueio, com 155 acertos. A meio-de-rede Thaísa, por enquanto, é a segunda maior pontuadora no fundamento com 45 pontos. Com o bom desempenho das bloqueadoras, a equipe de Osasco ocupa a segunda colocação na classificação geral da Superliga, com 21 pontos (nove vitórias e três derrotas) atrás somente do Rexona, que tem 25 (12 triunfos e apenas um resultado negativo).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.