Ricardo Bufolin/Divulgação
Ricardo Bufolin/Divulgação

FIVB confirma a classificação do Rexona no Mundial de Clubes

Torneio será disputado em maio, na Suíça

Estadão Conteúdo

03 Março 2015 | 17h53

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) confirmou nesta terça-feira que o Rexona-Ades, equipe carioca atual campeã da Superliga Feminina de Vôlei, será o representante da América do Sul no Mundial Feminino de Clubes. O evento, pela terceira vez seguida, será realizado em Zurique, na Suíça, país onde a sede fica entidade.

No começo do mês passado, o Rexona venceu o Campeonato Sul-Americano, batendo o Molico/Osasco, na casa do rival, na Grande São Paulo. A equipe lidera a edição 2014/2015 da Superliga Feminina, ainda invicta depois de 21 jogos. O time comandado por Bernardinho só perdeu 10 sets até aqui.

Na temporada passada, o dois clubes brasileiros jogaram o Mundial: o Sesi, campeão sul-americano, e o Molico/Osasco, convidado da organização. O Rexona, ainda chamado Unilever, jogou a edição de 2013 e foi vice-campeão.

A FIVB também confirmou que o Mundial Feminino de Clubes continua em maio, de 6 a 10. O evento masculino, que também tradicionalmente acontece no quinto mês do ano, em 2015 vai ser realizado em outubro. Pelo terceiro ano seguido, o torneio será em Minas Gerais, sob a organização do Sada Cruzeiro. O time mineiro perdeu o Sul-Americano para uma equipe argentina e vai jogar o Mundial como organizador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.